Torcedores – Notícias Esportivas

Irritado, Verstappen afirma que abandonos “não são má sorte” e critica a Red Bull

Pelo visto, a paciência de Max Verstappen (que já não era muita) com a Red Bull nesta temporada, acabou: após abandonar a sexta prova em 12 etapas disputadas, o holandês criticou abertamente o desempenho da equipe, e deixou claro que não acredita em má sorte.

Rodrigo Nascimento dos Santos
Colaborador do Torcedores

Crédito: Twitter Oficial de Max Verstappen

Em 12 provas, seis abandonos: por enquanto, esta tem sido a temporada 2017 para Max Verstappen, considerado por muitos um dos grandes talentos da F1, mas que este ano, não tem tido muita sorte com a Red Bull e o motor Renault. Desta vez, o holandês abandonou na oitava volta, novamente com problemas no motor, e disparou contra a equipe:

“Frustrado e desapontado. Para um time de ponta, isso não pode acontecer. No começo você pode dizer que é má sorte, que essas coisas acontecem. Mas se acontece pela sexta vez no ano, então não dá mais para chamar de má sorte”, declarou Verstappen em entrevista para a emissora britânica Sky Sports.

“É muito desmotivante porque você trabalha duro todo fim de semana, tem um ótimo treino classificatório e está ansioso para a corrida, mas abandona após oito voltas. Não sei o que dizer, é um ano muito difícil.”

Por fim, o piloto holandês lembrou da presença da sua torcida, que veio em grande número para apoiá-lo, mas que terminaram frustrados:  “Os fãs comprar ingresso muito caros para assistir a corrida e aí, depois de oito voltas, acabou”, conclui Verstappen.

LEIA MAIS:
F1: VOTE NO MELHOR E NO PIOR PILOTO DO FIM DE SEMANA NO GP DA BÉLGICA
F1 2017: CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DO MUNDIAL DE PILOTOS APÓS O GP DA BÉLGICA