“Entrei de gaiato”: jogador que atua no Brasil está entre os mais bem pagos do vôlei mundial

O vôlei mundial a cada temporada se revela como valiosa, em termos de qualidade e quantidade. Atletas se multiplicam em diferentes países, fazem o intercambio de excelência.

Artur de Figueiredo
Jornalista/ Especialista em Comunicação- Com mais de 10 anos de experiência com atuações em diversas plataformas. Desde a graduação venho atuando, como colaborador de diversas mídias. Em 2008, comecei a escrever para o maior portal de Rock e Heavy Metal do país, o Whiplash.net. No mesmo período, me ingressei como apoiador da cena cultural, artística, em especial, de São Paulo e região metropolitana, estive na redação do Stay Heavy. Posteriormente, tive a oportunidade de escrever também como colaborador da maior revista segmentada de Heavy Metal e Classic Rock, a Roadie Crew. Já na área esportiva, como jornalista de esporte Olímpico, tive o privilégio de atuar diretamente nas reportagens, comentários, sendo setorista de Sada Cruzeiro, Sesi São Paulo e Pinheiros, com foco sempre no voleibol. Redator e repórter do site mineiro: Virtuai.com, além do Portal Torcedores.com. No rádio, atuei como comentarista da Metropolitana AM 1070 e Garota FM 87.5. Atualmente, sou colaborador da rádio Poliesportiva. Continuo de forma ativa, buscando conteúdo exclusivo de qualidade, para todos amantes do esporte, contribuindo com informação de relevância para as demais plataformas. Finalizando, atuei como Assessor de Imprensa do clube União Mogi Futebol Clube e colunista do jornal Gazeta Regional. Sempre em busca de novos desafios, aberto ao crescimento, ao desenvolvimento profissional, especialmente, o crescimento humano, em cada área almejada.

Crédito: Reprodução: Facebook Wilfredo León Venero

Em contrapartida, a ilha de Fidel que adota um sistema “tolerância zero” pra quem joga em outro país, a cada dia perde atletas de alto rendimento. Casos, como: Leal, Leon, Simon, entre vários outros, acabam sendo acolhidos por outras federações, adotando uma dupla cidadania. O intercambio de excelência se explica através dos números, de acordo com o site “World Of Volley”.

Confiram os salários do jogadores:

  1.  Wilfredo Leon (Zenit) – 1 400 000 $ (around 1 189 000 €) per season
  2. Earvin Ngapeth (Modena) – 1 350 000 $ (around 1 147 000 €)
  3. Bartosz Kurek (Ziraat Bankasi) – 1 100 000 $ (around 934 300 €)
  4. Simon Robertlandy (Sada Cruzeiro) – 967 000 $ (around 821 300 €)
  5. Dmitry Muserskiy (Belogorie) – 950 000 $ (around 807 000 €)
  6. Aleksandar Atanasijevic (Perugia) – 920 000 $ (around 781 380 €)
  7. Gyorgy Grozer (Lokomotiv Novosibirsk) – 870 000 $ (around 739 000 €)
  8. Matt Anderson (Zenit Kazan) – 850 000 $ (around 722 000 €)
  9. Maxim Mikhailov (Zenit Kazan) – 714 000 $ (around 606,000 €)
  10. Ivan Zaytsev (Perugia) – 620 000 $ (around 527,000 €)

O primeiro da lista, o cubano e atualmente, naturalizado polonês, Leon, mantém um acordo financeiro com a equipe russa do Zenit Kazan, aproximadamente, R$ 4,4 milhões. O segundo da lista e não menos aclamado é o ponteiro francês Ngapeth, que atualmente defende a equipe do Modena acertou os valores de R$ 4,2 milhões, por temporada.

O cubano que hoje defende o Cruzeiro é pra muitos, surpreendente, sobre os valores que estão sendo investidos, especialmente, jogando no Brasil, cuja moeda é irrisória, comparada ao euro ou dólar. Simon recebe no clube mineiro, 3 milhões por temporada, aproximadamente.

O carrasco da seleção, Muserskiv se mantem em seu país, na Russia, jogando pelo Belogorie, nas cifras de R$ 2,9 milhões, um pouco a mais do destaque sérvio, Atanasijevic que defende a equipe italiana do Perugia, R$ 2,8 milhões. Matt Anderson, outro destaque do vôlei mundial, está na lista. O americano se mantém na oitava posição, com os dígitos R$ 2,6 milhões. Zaytsev, umas das referencias da seleção da ‘Azurra’ fecha o ranking Top 10, com os respectivos valores, R$ 1,9 milhões.

*Todos os valores foram convertidos para a moeda brasileira, o real.

LEIA MAIS:
NEYMAR GANHARÁ MAIS DE 186 VEZES, O VALOR DO JOGADOR, MAIS BEM PAGO DO VÔLEI MUNDIAL
EX JOGADOR DO SADA CRUZEIRO FALA SOBRE O CELESTE, SUA APOSENTADORIA E QUAIS CLUBES GOSTARIA DE TER DEFENDIDO
CBV ANUNCIA NOVIDADES PARA A SUPERLIGA MASCULINA DE VÔLEI