Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Julio Gomes propõem receita para a Portuguesa voltar aos tempos de glória

Desde quando foi rebaixada no campeonato Brasileiro de 2013, de uma maneira bem polêmica, na escalação irregular do jogador Heverton, na última rodada do Brasileirão, a Portuguesa vive um tremendo pesadelo, acumula rebaixamentos, dívidas e crise na gestão de futebol. No último sábado, o Museu do Futebol, localizado no Pacaembu, recebeu um evento para a torcida da Lusa em comemoração aos 97 anos do clube, que aconteceu no dia 14/08 e contou com o jornalista e blogueiro do UOL, Julio Gomes, que propôs uma fórmula inusitada e inteligente para o clube voltar aos tempos de glória.

Eduardo Suguiyama
Eduardo Suguiyama é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado).

Crédito: Crédito da foto: Divulgação/Portuguesa

Ao lado de seu irmão – Flávio Gomes -, Júlio Gomes deve ser um dos torcedores mais ilustres da Portuguesa no atual cenário do futebol brasileiro e por este motivo foi um dos escolhidos para representar a torcida e a mídia no evento “Lusa – Passado, Presente e Futuro”, que contou com um debate interessante entre os torcedores e os convidados.

Logo no papo inicial, de apresentação, Julio Gomes demonstrou sua insatisfação com a atual de gestão da Portuguesa e pediu uma terceirização no setor de futebol e também propôs uma receita para fazer a Portuguesa voltar a crescer.

“Não existe na Europa um país com mais conhecimento de futebol, não estou falando de melhores jogadores e sim conhecimento teórico, livros publicados, métodos de treinamento do que Portugal, nem a Alemanha. José Mourinho nunca jogou bola, André Villas boas nunca jogou bola, Leonardo Jardim também não, ele foi o melhor técnico na última temporada na Europa, pessoal fala muito do Zidane, o que o cara fez no Mônaco não existe”.

Para Gomes, a receita seria uma parceria com algum time grande de Portugal (Porto, Benfica ou Sporting), onde a Portuguesa cederia alguns bons jogadores em troca de conhecimento.

“Imagina você chegar para um desses três e falar o seguinte: vamos fazer uma baita de uma base aqui, vai demorar uns quatro, cinco, seis, sete anos. Você me traz todo o seu conhecimento e quando aparecer um Neymar ele é teu de graça, não precisa nem negociar, vai jogar um ano ou dois aqui na Portuguesa, depois ele é teu de graça, mas em troca eu quero seu conhecimento, em troca eu quero que você venha aqui fazer esse clube voltar a existir”.

Gomes afirmou ainda que isso é só uma ideia, apenas um modelo entre tantas outras coisas que podem ser feitas para salvar a Portuguesa.

LEIA MAIS:
VEJA O QUE OS COMENTARISTAS DE TV FALARAM DA VITÓRIA DO FLAMENGO SOBRE O BOTAFOGO