Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Moisés fala sobre Deyverson ter pedido para não cobrar pênalti: “Foi homem”

A disputa de pênaltis entre Palmeiras e Barcelona-EQU na noite de ontem (9) deu o que falar entre a torcida palmeirense. Imagens do atacante Deyverson se recusando a cobrar uma das penalidades fizeram com que os torcedores criticassem o camisa 16.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Entretanto, o meia Moisés defendeu o companheiro em entrevista coletiva no CT do Palmeiras. Para o autor do gol contra os equatorianos, Deyverson foi ‘homem’ ao expor que não estava preparado para fazer uma das cobranças. O camisa 10 também converteu a sua penalidade.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

“Eu até vi a imagem. Não sei se ele negou. O Cuca perguntou como ele estava, e ele respondeu o que sentia no momento. Eu particularmente prefiro que o jogador seja honesto e fale o que realmente sente. Se ele não se sentia bem, foi homem pra caramba. Melhor do que ir com medo e não fazer seu melhor. Abriu oportunidade para que outro pudesse bater”, disse.

Para Moisés, a ausência dos cobradores oficiais na partida também pesou na decisão por pênaltis. “Ontem tivemos infelicidade de nossos quatro batedores oficias não estarem em campo. Jean, Dudu, Róger Guedes e Borja. Aqueles que foram bater fizeram seu melhor. Infelizmente, o melhor desta vez não foi suficiente”, completou.

Categórico ao defender o companheiro Egídio, Moisés conta que a pressão foi um dos motivos para a eliminação do time.

“É grande a responsabilidade. Se fizer, é obrigação. Se errar, é crucificado. Tem que ter psicológico muito forte. Guerra chutou, escorregou, teve a felicidade de fazer. Da mesma forma que teve a felicidade, o Egídio não foi feliz. Acertou o gol, mas o goleiro acertou o canto. Pressão muito grande, tem que saber lidar”, finalizou.

O Palmeiras agora precisa focar no Campeonato Brasileiro, única competição restante na temporada. No domingo, o time de Cuca enfrenta o Vasco, às 16h, no estádio Raulino de Oliveira, pela 20ª rodada.

As melhores notícias de esportes, direto para você

 

LEIA MAIS

Visão da arquibancada: O pênalti de Egídio!