Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Moisés fala sobre ter se oferecido para cobrar pênalti: “Assumir a responsabilidade”

Apesar da eliminação nos pênaltis para o Barcelona-EQU, Moisés saiu da partida da última quarta-feira (9) como destaque do Palmeiras. Depois de entrar no segundo tempo, o meia marcou o gol que prolongou as chances do time e converteu o seu pênalti na decisão da partida.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Entretanto, o camisa 10 do Palmeiras não estava nas melhores condições para ser um dos cobradores. Moisés conta que se ofereceu para cobrar, já que vivia bom momento e estava com a confiança em alta.

“Cuca foi procurando quem estava bem, quem não estava. Eu, a princípio, não bateria, por causa do joelho. Mas na hora que ele estava procurando o quinto, disse que eu bateria, até por ser o pênalti que decidia. Eu estava com moral com a torcida, confiante comigo, tinha feito o gol. Momento que senti de assumir a responsabilidade. Por isso, optei em bater”, disse em entrevista coletiva.

Moisés conta que nos treinamentos o aproveitamento do time foi bom nas penalidades. “Na terça-feira, todos os jogadores treinaram. A gente teve felicidade em 18 cobranças, 16 fizeram. Só dois acabaram errando. Tivemos aproveitando bom, todos estavam treinados. Na hora em que acaba o jogo, estávamos sem nossos quatro principais batedores”, lamentou.

Livre de lesões, o meia falou sobre o susto na partida da Libertadores, mas acalmou o torcedor alviverde afirmando que não foi nada demais. “Ontem foi lance de jogo, uma alavanca no joelho. Senti uma dor, mas não é nada que preocupe. Está tudo bem, mas vamos ter que ter cuidado, fazer reforço, mas nada que vá me deixar longe dos campos.”

LEIA MAIS

Veja como Cuca escolheu os batedores do Palmeiras contra o Barcelona-EQU