Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Emocionado, Rodrigo Pimpão volta a falar sobre Berrío após lance polêmico no clássico

Titular absoluto do Botafogo na temporada, o atacante Rodrigo Pimpão está suspenso do jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil contra o Flamengo.

Bia Palumbo
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Crédito da imagem: Reprodução TV

Pendurado, ele recebeu um cartão amarelo após falta dura. “Estou chateado porque queria ajudar minha equipe. Preciso também falar sobre o que aconteceu com o Berrío dentro de campo. Não sou mau caráter nem quis ser desleal com ninguém. Não é do meu feitio agredir ou tirar um companheiro de profissão de um jogo. Pedi desculpas a ele depois da partida. Muita gente me criticou, então me machucou. Tudo passa. O lance foi muito rápido, ele adiantou a bola, cheguei atrasado e acabei pegando ele. Isso tomou uma proporção muito grande. Espero que não tenha acontecido nada grave”, comentou.

Assista ao lance entre Rodrigo Pimpão e Berrío:

Na ocasião, Pimpão deu um carrinho que provocou a saída de Berrío de campo. Ele deixou o gramado do Estádio Nilton Santos de maca. Nas redes sociais, alguns torcedores usaram termos como “covarde”, “desleal” e “maldoso” para classificar a atitude do atacante do Botafogo. “Não consegue jogar e apela pra maldade”, completou outro.

O próprio Rodrigo Pimpão já havia se manifestado nas redes sociais; veja o que ele falou:

Ontem, no clássico com o Flamengo, pela Copa do Brasil, houve uma disputa de bola com o Berrío, na qual eu acabei chegando um pouco atrasado no lance e, no contato, ele acabou sentindo e espero que não tenha sido nada grave. Gostaria de deixar claro a todos que em momento algum fui com intenção de machucá-lo, até mesmo por não querer levar o cartão, pois sabia que mesmo um amarelo iria me deixar de fora da próxima partida. Infelizmente isso é coisa de futebol, acontece coisas do tipo. Em nove anos de carreira nunca agredi/machuquei nenhum companheiro de trabalho, nunca foi do meu feitio. Quem me conhece, sabe a forma que me entrego dentro de campo e não desisto de uma bola sequer. Um exemplo claro é o meu último gol, que marquei na Libertadores. Explano também que, após o jogo, procurei o Berrío para me desculpar e explicar o lance; Ele concordou e me entendeu, ficando assim tudo resolvido entre nós. Na próxima quarta, dia 23, será o jogo decisivo e estarei na torcida pelo Fogão e pela paz entre as torcidas, dentro e fora do Maracanã. Rodrigo Pimpão Foto: @foto_vitorsilva

Uma publicação compartilhada por Rodrigo Pimpão (@r_pimpao) em

LEIA MAIS:
Flamengo confirma lesão e Berrío vira dúvida para decisão no Maracanã

As melhores notícias de esportes, direto para você