Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Valdir Espinosa explica por que Barrios joga no Grêmio o que não jogou no Palmeiras

São mais de 50 anos no futebol. Dentro da experiência de atleta, depois treinador e agora dirigente, Valdir Espinosa já viveu praticamente tudo nesse esporte. E já não se sente surpreendido quando um jogador vai mal em um clube e, pouco tempo depois, passa a corresponder em outro.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Atual coordenador-técnico do Grêmio, Espinosa tem um exemplo disso no seu próprio elenco. Lucas Barrios, com 16 gols em 28 jogos, é o principal artilheiro do time na temporada e virou referência gremista com menos de seis meses de casa, já que chegou em fevereiro. Antes disso, sofria com a alta concorrência no Palmeiras e com a irregularidade em campo.

LEIA MAIS:

Felipe Melo no Internacional: veja o que sabemos até agora

Espinosa vê elo entre 1983 e time atual, faz previsão sobre Renato e diz: “O Grêmio é tudo”

Na avaliação do ex-técnico, o ponto fundamental para entender a transformação de Barrios é a “confiança”. No Grêmio, Espinosa acredita que o atacante conseguiu buscar o seu espaço e atingiu a tão sonhada regularidade, sem ter a obrigação de acertar sempre para não sair do time.

“Hoje, mesmo eventualmente atuando mal, ele sabe que é reconhecido como um goleador, porque tem feito os gols. É reconhecido como aquele cara que protege a jogada, que dá um passe, dá sequência a uma tabela. Tudo isso faz com que o jogador entre sem aquela pressão, pensando “poxa, eu posso errar, o treinador confia em mim”. Não tem essa de “ou acerto ou estou fora”. E me parece, salvo eu estar errado, que ele não tinha essa confiança no Palmeiras”, explicou, em entrevista exclusiva ao Torcedores.

No momento, Lucas Barrios está fora do time por um desconforto muscular e não joga desde o triunfo sobre o Vitória, em Salvador. No Palmeiras, quando também teve lesões, o centroavante não voltou automaticamente entre os titulares. Espinosa indica que, no Grêmio, a situação é diferente.

(OUÇA AQUI A ENTREVISTA COMPLETA COM VALDIR ESPINOSA)

“Uma coisa fundamental no futebol é confiança. E o Renato Gaúcho passa toda essa confiança para ele. Então o Barrios sabe que, se não está jogando hoje, é porque teve problema de lesão que o afastou, mas sabe que amanhã ou depois quando estiver pronto ele vai jogar”.

Contratado durante a temporada de 2015, Lucas Barrios teve um início satisfatório no Palmeiras e foi peça importante no título da Copa do Brasil do mesmo ano. Na sequência, perdeu espaço com a evolução de Gabriel Jesus e ainda teve de conviver com lesões musculares, sendo apenas um coadjuvante no título brasileiro de 2016. Em 45 jogos com a camisa alviverde, fez apenas 14 gols.

Ouça a análise de Espinosa sobre Lucas Barrios:

As melhores notícias de esportes, direto para você