Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Vettel lidera quarta-feira de testes da F1. Kubica completa 142 voltas

Sebastian Vettel terminou a quarta-feira (2) de testes coletivos da Fórmula 1 com o melhor tempo. Sem registrar voltas na parte da tarde no circuito de Hungaroring, na Hungria, a marca de 1min17s124, utilizando pneus supermacios em sua Ferrari garantiu ao alemão, atual líder do campeonato mundial, a volta mais veloz do dia.

Leonardo Marson
Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: Foto: Ferrari

Assim como aconteceu na parte da manhã, Lando Norris colocou a McLaren na segunda colocação. O inglês completou 91 voltas e, utilizando pneus ultramacios, foi dois décimos mais lento que Vettel. Kimi Räikkönen, também da Ferrari, apareceu em terceiro na folha de tempos e concluiu 60 voltas pelo traçado húngaro.

Robert Kubica, principal atração dos testes da Fórmula 1, terminou o dia com o quarto melhor tempo. Com a Renault, o polonês fechou 142 voltas, distância superior a de dois GPs, fechando sua melhor volta em 1min18s572 usando pneus ultramacios. Seu tempo foi um décimo pior em relação ao que Jolyon Palmer, com supermacios, conseguiu na classificação do GP da Hungria.

Carlos Sainz apareceu na quinta posição, seguido por Daniil Kvyat, seu companheiro na Toro Rosso. Lucas Auer, da Force India, foi o sétimo, logo à frente de Geroge Russell, inglês que andou com a Mercedes. Nikita Mazepin, também da Force India, foi o nono, enquanto Pierre Gasly fechou o top-10 com a Red Bull.

Luca Ghiotto, em sua primeira experiência com um Fórmula 1, foi quem mais andou no dia, com 161 voltas, e apareceu em 11º com a Williams, ficando à frente de Santino Ferrucci, americano que defende a Haas. A folha de tempos foi completada com o japonês Nobuharu Matsushita, outro que teve seu primeiro contato com um carro da categoria, andando com a Sauber.

Agora, a Fórmula 1 parte para as férias de verão e só será retomada no dia 25 de agosto, dia em que os treinos para o Grande Prêmio da Bélgica serão iniciados.

Foto: Ferrari