Vice de futebol explica que jogadores do Inter acabaram ‘desvalorizando’

O vice de futebol Roberto Melo explicou nesta quarta-feira (30) o motivo do Internacional não ter perdido jogadores na janela de transferências europeia que se encerra em poucas horas. O diretor disse após a eliminação para o Atlético-MG na Primeira Liga que houve uma desvalorização natural dos atletas do Inter na Série B.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Crédito: SC Internacional (Facebook).

“As pessoas cometem o erro de dizer que o clube, quando é rebaixado, não perde dinheiro no primeiro ano. É bobagem. O principal ativo de um clube, que sempre vai virar liquidez são os jogadores. É evidente que ao serem rebaixados são desvalorizados. Os jogadores não perdem suas qualidades, mas perdem mercado. É claro que houve uma perda de força de mercado nestes jogadores”, admitiu Roberto Melo.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Sem propostas de clubes do exterior, o Inter assim como o rival Grêmio trabalha com a venda de atletas para fechar suas contas. Entretanto, o clube também conta com uma manobra feita para que seus jogadores emprestados também rendam lucro ao Colorado. Portanto, usando como exemplo o meia Valdívia, do Atlético-MG, caso ele se destaque e recebe uma proposta, uma cláusula no seu contrato dá ao Inter uma boa margem de lucro.

No elenco atual, o jogador com mais chances de uma futura transferência é Rodrigo Dourado. O atleta que se destacou também por seleções de base já foi especulado, mas não deve sair do Inter no meio da temporada.

O próprio Roberto Melo negou que alguma proposta tenha chegado aos ouvidos do clube até a noite de ontem. Com isso, o Inter coloca o foco sobre a Série B para manter a boa fase e garantir o acesso para a Série A.

LEIA MAIS

Carlinhos volta a treinar no Internacional e deve ser opção para Guto na Série B

Você conhece os melhores sites de apostas do mercado? O OddsShark te indica!