3 coisas que o Corinthians precisa fazer para voltar a vencer

Corinthians
Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Pressionado por três resultados negativos, o líder Corinthians encara o Vasco neste domingo (17), às 16h (de Brasília), na Arena, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, buscando os três pontos e reecontrar o equilíbrio que o fez fazer um primeiro turno ‘quase perfeito’.

Para superar também o time carioca, Fábio Carille contará com um reforço de lateral esquerdo Guilherme Arana, que se recuperou de lesão muscular e retomará o posto que já foi de Moisés e Marciel. No meio-campo, no entanto, o volante Gabriel (assim como o meia-atacante reserva Clayson) precisará cumprir suspensão e dará lugar a Camacho. Tudo indica que o time que irá a campo terá Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Camacho e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô.

O problema é o que é precisa ser feito para não tropeçar novamente? O que será que derrubou o time de Carille? Baseado nos últimos jogos do Timão, o Torcedores.com analisou a equipe alvinegra e aponta três coisas que precisa ser feito/corrigido para voltar a vencer na competição.

– Atenção com os passes certos

Durante a invencibilidade de 34 jogos, o Corinthians impressionou pela frieza na forma em que trabalhava a posse de bola. Curtos, objetivos e rápidos, a equipe fazia o adversário correr, se cansar e se aproveitava de brechas para chegar ao gol. Foi desta forma que o clube bateu Vitória, Grêmio, Palmeiras e Vasco.

– Finalizações certas

O Timão teve média de gol a cada 5,9 finalizações, melhor média da Série A, no primeiro turno do Brasileirão. Porém, só foi as redes em apenas uma  oportunidade nas quatro partidas do retorno do Brasileirão. A ordem é finalizar a gol com atenção.

– Compactação

As duas linhas de quatro jogadores para defender da equipe alvinegra andam abrindo espaços nos últimos jogos. Os gols do Santos, por exemplo, Fagner e Pablo ficaram no mano a mano contra os avantes do Peixe, exposição rara durante a campanha do primeiro turno.

A equipe alvinegra lidera o Brasileirão com 50 pontos, sete a mais que o vice Grêmio, mas viu a diferença que já bateu na casa dos 12 pontos cair nas partidas em que quase ninguém imaginou que sairia derrotado – Vitória e Atlético-GO. O triunfo diante do Vasco é para recolocar o time no caminho certo novamente.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS X VASCO

Local: Estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)
Data: 16 de setembro de 2017, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Maycon, Camacho, Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô
Técnico: Fábio Carille

VASCO: Martín Silva; Madson, Breno, Anderson Martins e Ramon; Jean, Gilberto, Mateus Vidal, Wagner e Nenê; Andrés Ríos
Técnico: Zé Ricardo

LEIA MAIS
“TOCOU NO JÔ É GOL”: ARTILHEIRO DO CORINTHIANS GANHA MÚSICA DE BANDA GOSPEL; ASSISTA
CARILLE MANTERÁ KAZIM NO ELENCO E PEDE PACIÊNCIA COM GAROTOS PARA NÃO TER “NOVO LULINHA”
CORINTHIANS ATRELA REFORÇOS PARA 2018 A VENDAS; ARANA É O ‘FAVORITO’ A SAIR



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.