hóquei

Abuso sexual é revelado com morte de jogador de hóquei

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: David Gove foi abusado por um de seus treinadores quando tinha 12 anos

Uma história triste e trágica fez parte da vida do jogador de hóquei americano David Gove. Ele faleceu em abril deste ano por overdose de heroína e um dos motivos desse vício pode ter sido os sofrimentos que ele passou quando tinha apenas 12 anos de idade.

O treinador Robert G. Richardson foi o responsável pelo passado trágico de Gove. Ele começou os abusos sexuais que chegaram a durar três anos e causou violência eterna no jogador.

Gove era uma das testemunhas principais e mais importantes do processo que envolvia Richardson. Outras quatro crianças também podem ter sido vítimas desse suspeito. Com a morte do jogador, o processo foi arquivado e o treinador está por enquanto livre. Enquanto isso, a família do atleta tenta se fortalecer da perda dele.

Vício

Conforme relatos de sua família, o jogador de hóquei acabou entrando no mundo das drogas após ter sofrido os abusos. Ele acabou ficando uma pessoa perturbada e viu na heroína um conforto para seus problemas. Pena que esse tipo de conforto acabou com a vida dele.

Muitas pessoas próximas de Gove ficaram surpresas ao saber da morte dele e o motivo da tragédia. Poucas pessoas sabiam desse vício dele.

Uma amiga de infância do jogador, Chris Ferreira, revelou que os abusos sofridos, fizeram Gove ter um demônio dentro dele. Ele não conseguia eliminar isso da sua cabeça e vivia atormentado. Ela disse que uma certa vez ele comentou que não estava mais suportando lembrar dessa tamanha violência pelo qual passou.