Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Veja como a imprensa analisou o empate do Palmeiras contra o Atlético-MG

O Palmeiras teve que se superar para sair do Estádio Independência com um ponto. A equipe paulista terminou a partida com nove jogadores, pois Luan e Willian Bigode foram expulsos. 

Mohamed Nassif
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Divulgação/Band

Veja o que alguns dos principais comentaristas esportivos do Brasil falaram do empate do Palestra por 1 a 1 contra o Atlético-MG:

Mauro Beting: Deyverson acabou mostrando o porquê de ter sido melhor não ter batido contra o Barcelona. Luan e Willian, tolamente, foram expulsos. O palmeirense pode celebrar outra ótima atuação de Prass.

Juca: O Galo amassou o Verdão no primeiro tempo no Horto. Curiosamente, com 10, o Palmeiras voltou mais agressivo para o segundo tempo, não permitindo ao Atlético o domínio que se esperava. Com nove contra 11, acabava sendo um empate heróico para o Palmeiras e que fazia pensar no que aconteceria se Felipe Melo estivesse em campo.

Milton Neves: A caça do Galo ao Porco ficou evidente, mas o Palmeiras resistiu bravamente para voltar de Minas com um pontinho na bagagem. E o Verdão até poderia ter voltado com três pontos, pois, no final, em contra-ataques, teve chances e um pênalti sobre Moisés reclamado por todos esmeraldinos. Apito contra o Verdão! Pelas contingências da partida, resultado bom para o time de Cuca.

Cosme Rimoli: Cuca montou sua equipe para primeiro defender e depois buscar os contragolpes. Seu time ia bem. Até a infantil expulsão de Luan.  A expulsão de Willian também foi. O Palmeiras de Cuca respeitou demais o adversário. Tinha futebol para buscar a vitória. Estava muito melhor distribuído em campo.

Alex Muller: Expulsão justa do Willian, que perdeu a cabeça após receber falta do Valdívia e que não foi marcada pela arbitragem. Dracena foi um gigante hoje! Os olhos de lince são 100% aplicados contra o Palmeiras. Do contrário cerca de 25,3%. Chute no Deyverson, invasão,etc…

Gian Oddi: O Palmeiras foi melhor no segundo tempo, assim como o Atlético foi melhor no primeiro. Foi como se fosse uma vitória pro Palestra (por jogar com dois a menos).

Léo Bertozzi: O Palmeiras começa bem, tem algumas chances no começo. Depois fica um bom tempo quase não conseguindo sair do seu campo. Com 10, fica mais organizado. Com nove ainda teve duas bolas na área do Atlético com chance de ganhar o jogo.

LEIA MAIS: Barcelona confirma data para apresentação de Mina

 

As melhores notícias de esportes, direto para você