Futebol

Árbitro protagoniza lance bizarro e “comete falta” em Sóbis durante jogo do Cruzeiro; assista

Publicado às

Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.

Sóbis

Crédito: Foto: Washington Alves/ Lightpress/ Cruzeiro

O Cruzeiro recebeu o Bahia em jogo válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Mineirão, e conseguiu mais uma vitória na competição. Em um jogo truncado e de poucas chances, a Raposa venceu por 1 a 0, após o gol de cabeça do zagueiro Léo, que ganhou na disputa pelo alto e estufou as redes do goleiro Jean. Contudo, mais que o gol, o que chamou a atenção foi um lance envolvendo Rafael Sóbis, que foi derrubado pelo árbitro, em uma jogada que poderia resultar em mais um tento celeste.

O lance bizarro irritou a todos, principalmente a torcida, que não perdoou o árbitro Wagner Reway, que fez uma “falta” digna de cartão vermelho.

Ainda quando a partida estava empatada, o Cruzeiro teve chance de abrir a contagem em cobrança de pênalti. Porém, na batida de Thiago Neves, o arqueiro Jean fez grande defesa e evitou a abertura do marcador.

Já na reta final do jogo, Lucas Silva fez falta dura para matar o contragolpe e foi expulso corretamente.

CRUZEIRO 1 x 0 BAHIA

Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data: 17 de setembro de 2017, domingo
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Fábio Rodrigo Rubinho (MT)
Cartões amarelos: Henrique, Raniel, Robinho e Thiago Neves (CRU); Vinícius (BAH)
Cartão vermelho: Lucas Silva (CRU)
Gols:
CRUZEIRO: Léo, aos 17 minutos do 2º tempo

CRUZEIRO: Fábio; Ezequiel, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Hudson (Lucas Silva), Thiago Neves, Robinho (Rafael Sobis) e Rafinha (Arrascateta); Raniel
Técnico: Mano Menezes.

BAHIA: Jean; Eduardo, Tiago (Thiago Martins), Lucas Fonseca e Juninho Capixaba; Edson e Juninho; Zé Rafael, Vinícius (Edgar Junio) e Mendoza; Rodrigão (Hernane)
Técnico: Preto Casagrande