Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Campeonato Português: Benfica perde; Porto e Sporting disparam

A sexta rodada da Primeira Liga (Campeonato Português) terminou nessa segunda-feira (18), com dois jogos. A jornada ficou marcada pela primeira derrota de um dos três grandes do país na temporada.

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Francisco Leong/AFP

O primeiro a perder foi, também, o primeiro a ter tropeçado. Também foi o primeiro a jogar. No sábado (16), o Benfica visitou o Estádio do Bessa e foi vencido, de virada, pelo Boavista. O brasileiro Jonas abriu o marcador, mas Renato Santos e Fábio Espinho deram a vitória aos axadrezados. O segundo gol, aliás, contou com a colaboração de Bruno Varela, que falhou.

Quem se aproveitou da falha encarnada foi o Marítimo. Jogando em casa, no Estádio dos Barreiros, o time da Ilha da Madeira venceu o Desportivo Aves por 2×1. Rodrigo Pinho marcou para os donos da casa e Alexandre Guedes descontou. Agora, os verde-rubros estão na terceira colocação no Campeonato Português.

Os outros dois grandes de Portugal seguem com 100% de aproveitamento na liga nacional.

Por um gol de diferença, o líder é o Porto. Fora de casa, os dragões venceram apertado o Rio Ave – quinto colocado. Danilo Pereira e Moussa Marega fizeram para os tripeiros, antes de Nuno Santos descontar.

O vice-líder é o Sporting. Jogando em casa, os leões não tiveram muitas dificuldades para vencer o Tondela. Jérémy Mathieu abriu a contagem e Bruno Fernandes dobrou a vantagem alviverde.

A sexta rodada do Campeonato Português também teve o maior clássico do interior do país. No Dérbi do Minho, o Braga fez 2×1 no Vitória de Guimarães no Estádio Municipal. Paulinho abriu a vantagem para os arsenalistas, Raphinha empatou e Ahmed Massan deu a vitória para os donos da casa.

LEIA MAIS
CAMPEONATO PORTUGUÊS: SPORTING SOFRE, MAS SEGUE LÍDER JUNTO COM O PORTO
GABIGOL ESTREIA PELO BENFICA E DIZ TER REALIZADO SONHO EM DISPUTAR A CHAMPIONS LEAGUE
DEPOIS DE NOVE ANOS, FUTEBOL PORTUGUÊS COLOCA TRÊS TIMES NOS GRUPOS DA CHAMPIONS LEAGUE PELO SEGUNDO ANO SEGUIDO