Futebol

Como as janelas de transferências da Turquia e de Portugal ainda preocupam o Palmeiras

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: César Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

As principais janelas de transferências dos principais mercados da Europa já estão fechadas, mas clubes da Turquia e de Portugal ainda possuem mais alguns dias de compras no mercado da bola europeu. E isso pode atrapalhar os planos do Palmeiras.

Na última semana, segundo informações do Lance!, o atacante Dudu despertou o interesse do Fenerbahce, da Turquia, que se dispôs a oferecer cerca de 9 milhões de euros (R$ 33 milhões) pelo jogador. Anteriormente, o Besiktas, também havia demonstrado interesse pelo camisa 7.

Apesar do desejo dos turcos, a diretoria do Verdão não pretende perder um de seus principais jogadores, mas até o dia 8 de setembro, quando fecha a janela de transferências da Turquia, muita coisa pode acontecer. Vale lembrar que Dudu tem contrato até o fim de 2020.

Outra situação é do atacante Miguel Borja, que chegou ao clube como ídolo no início da temporada, mas atualmente é reserva e pouco utilizado pelo técnico Cuca. Segundo informações do Globoesporte.com, o Porto, de Portugal, chegou a formalizar interesse pelo empréstimo do jogador, mas o Palmeiras quer recuperar o valor investido – R$ 33 milhões – na contratação do atacante.

O período da janela de transferências de Portugal é ainda maior que o da Turquia, e só fecha no dia 22 de setembro. Até lá, se o Porto realmente quiser contar com Borja em seu elenco, terá tempo para viabilizar o valor pedido pelo Palmeiras. O atacante colombiano tem contrato com o Verdão até o fim de 2021.

Na última segunda-feira (28), no entanto, durante a festa de 103 anos do Palmeiras, Maurício Galiotte, presidente do clube, descartou completamente a chance de negociar atletas nesta janela de transferências.