Confira como andam as ligas da Europa que têm ‘calendário’ brasileiro

A grande maioria das ligas europeias está em seu começo, mas há outras que já estão se aproximando de suas respectivas retas finais. O Torcedores.com dará um resumo do que acontece nos campeonatos da Europa que adotam o ‘calendário brasileiro’.

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Site Oficial do Malmo FF

Entende-se aqui como ‘calendário brasileiro’ as ligas que jogam durante o ano todo, como acontece no Brasil. Diferente do modelo adotado no Velho Continente de ligas que começam em um ano e terminam em outro.

Suécia

Com 21 rodadas disputadas, o Malmö caminha para o 20º título sueco. O time lidera a competição com 47 pontos, dez a mais que o vice-líder Djurgården e 11 a frente do terceiro colocado AIK. Na última rodada, o time de Malmö empatou por 2 a 2 com o IFK Gotemburgo.

Noruega

Maior campeão do país e um dos mais conhecidos times da Escandinávia no futebol da Europa, o Rosenborg está pronto para mais um título da Tippeligaen. O time de Trondheim lidera a competição, com 41 pontos, e segue em busca de seu 25º Campeonato Norueguês. A vice-liderança da competição é do surpreendente Sarpsborg, com 34 pontos..

Finlândia

Outra liga da Europa com o calendário ‘brasileiro’, a liga finlandesa (Veikkausliiga) é liderada pelo tradicional HJK. Time mais famoso da capital Helsinque, a equipe lidera a competição com 52 pontos. Diferença de 14 pontos para o segundo colocado, o FC Lahti.

Islândia

Faltando cinco rodadas para o fim do Islandesão, a briga se concentra entre o Valur (líder, 37 pontos) e o Stjarnan (vice-líder, 30). O time que se consagrou em anos recentes pelas comemorações engraçadas mantém vivo o sonho de ir para a Champions, com confronto direto marcado para o dia 24 de setembro. E que pode valer a taça.

Ilhas Faroe

Território da Dinamarca, a nação tem o Víkingur como líder de seu certame, este com 42 pontos ganhos. O KI (37 pontos) e o NSI Runavik (36) são os principais perseguidores na briga pelo título. O B36 (quarto, com 35 pontos) corre por fora.

Irlanda

Os irlandeses também adotam o calendário ‘brasileiro’ e também veem uma situação familiar com o atual Brasileirão. Com 70 pontos, o Cork City lidera a liga local e tem 14 pontos de vantagem sobre o vice-líder Dundalk. O campeonato se encerra no final de outubro, mas o título pode ser decidido muito antecipadamente.

Estônia

A Liga Estoniana tem seu maior campeão, o Flora Tallinn, como seu líder. Com 70 pontos na classificação da Meistriliiga, o time está sete pontos à frente do Levadia, o vice-líder. O atual campeão, o FCI (Infonet), está apenas em quarto lugar, com 54 pontos.

Letônia

Atual campeão letão, o Spartaks Jurmala segue em busca de mais um título nacional. Na atual temporada, o time lidera com 34 pontos ganhos, sete a mais do que o Liepaja e o Riga FC, ambos com 27 e que são os principais candidatos a brigar pelo título.

Lituânia

Em busca do pentacampeonato lituano, o Zalgiris Vilnius é o líder da temporada 2017, com 51 pontos. O Trakai é seu principal perseguidor, com 44. Os dois são praticamente os únicos a brigar de forma direta pela taça no país.

Belarus

A nação também conhecida como Bielorrússia vê três times disputando o topo da tabela. O Dinamo Minsk é o líder da competição, com 46 pontos, com o Shakhtyor Soligorsk em segundo lugar, com 44. O BATE Borisov, tradicional participante da Champions League, é o terceiro, com 42.

Moldávia

O Campeonato da Moldávia deve mudar de calendário nas próximas temporadas e adotar o calendário semelhante ao brasileiro. A disputa pela liderança envolve os dois campeões mais recentes da ex-nação soviética: Sheriff Tiraspol na liderança, com 20 pontos e o Milsami, na vice-liderança, com 18 pontos.

Geórgia

Principal time da nação, o Dinamo Tbilisi é o líder isolado da Erovnuli Liga, com 56 pontos ganhos. Oito pontos atrás, na vice-liderança, vem outro time tradicional do país, com 48 pontos, O Samtredia tem 45 e é o terceiro lugar, correndo por fora na briga pela taça.

Cazaquistão

Para encerrar este ‘boletim’, a liga cazaque tem dois times brigando cabeça a cabeça pelo título: Astana (57 pontos) e Kairat Almaty (vice-líder, 56). Logo atrás e também brigando pela chance de ainda ser campeão, está o Ordabasy, em terceiro, co,m

(Crédito da foto: Divulgação/Site Oficial do Malmo FF)