Futebol

Os bandeirões do Corinthians no tobogã do Pacaembu

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Crédito foto: Agência Corinthians/ Daniel Augusto Jr

Com a concessão do Pacaembu pela gestão João Doria à iniciativa privada, o tobogã, setor característico do estádio, teve sua demolição autorizada. A notícia é triste para  saudosistas da torcida do Corinthians, que, mesmo com a construção da Arena, tem o Pacaembu como segunda casa.

No momento, a Prefeitura está acolhendo as propostas de interessados em assumir a gestão do estádio e modificar sua arquitetura. Dos cinco projetos apresentados, três incluem a demolição do tobogã, setor conhecido por ter os preços mais populares do Pacaembu nos jogos do Corinthians

LEIA MAIS:
Corinthians 107 anos: conheça a história do Timão

Pensando nisso, o Torcedores.com decidiu estimular a nostalgia da fiel torcida, e separou lembranças das festas mais memoráveis que o bando de loucos fez no tobogã. Confira:

República Popular do Corinthians

Lembrado sempre pelos preços acessíveis, nenhum setor representa tão bem o Corinthians quanto o tobogã. E outra, nenhum bandeirão se encaixou tão bem na arquibancada quanto este da República Popular do Corinthians, que valoriza os mais de 30 milhões que fazem parte do bando de loucos.

Corinthians jogando pelo meio ambiente

Talvez nem todos se lembrem da campanha “Jogando pelo meio ambiente”, na qual cada jogo, gol, ou penalti defendido promovia a plantação de 100 árvores para combater o efeito estufa e o aquecimento global. Porém, todo corintiano deve lembrar do dia em que o bandeirão foi erguido: vitória por 5 x 0 contra o São Paulo, em 2011.

O Monte Fuji do Corinthians

Nas vésperas da viagem ao Japão para a disputa do Mundial de Clubes de 2012, a fiel preparou uma prévia no Pacaembu. O clima japonês foi instaurado com o escudo do Timão implantado em uma das principais marcas do país do sol nascente, o Monte Fuji.

O Time do Povo

Em 2013, um novo bandeirão tomou conta do tobogã. Afinal, não tinha lugar melhor para se estampar “o time do povo” do que o setor do qual o povo assiste os jogos do Timão.