Futebol

Após polêmica, Deyverson diz se cobraria pênalti em nova decisão do Palmeiras

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Palmeiras

Crédito: Foto: Divulgação/Palmeiras

Deyverson se envolveu em uma polêmica após a eliminação do Palmeiras nos pênaltis para o Barcelona-EQU, pelas oitavas de final da Libertadores. Na época, a torcida do Verdão pegou no pé do atacante depois que ele não esteve presente na lista de cobradores do time para a disputa.

Em entrevista ao programa Bate-Bola, da ESPN, Deyverson foi perguntado se cobraria um pênalti em uma nova decisão do time e aproveitou para explicar por que aceitaria ou não ser um dos escolhidos.

“Se estiver preparado para poder ajudar o Palmeiras, realmente vou bater. Só que primeiramente penso no Palmeiras, não em mim. Acho que se não estiver bem para cobrar, não tenho que bater para prejudicar o clube. Vou deixar quem estiver melhor. O importante não é quem cobra, mas sim o time se classificar. Se tiver de bater, vou bater. É decisão do treinador”, disse.

Nas imagens captadas pelo repórter cinematográfico David Faria, da TV Globo, da partida contra o Barcelona-EQU, é possível ver Deyverson negando o pedido de Cuca para ser um dos cobradores. O centroavante aponta para as pernas indicando algum problema físico.

Nas penalidades, Bruno Henrique e Egídio desperdiçaram suas cobranças, enquanto os equatorianos pararam em Jailson em apenas uma oportunidade. A disputa terminou em 5 x 4 para o Barcelona-EQU e acabou com o sonho do bicampeonato da Libertadores para o Palmeiras.

LEIA MAIS

Verdão rescinde contrato com Fábio, que acerta em definitivo com clube da Série C