Em 2004, Inter e Figueirense decidiram vaga na Sul Americana. Relembre

Clemer foi heroico em confronto com o Figueirense, em 2004. Foto: Inter/Divulgação
Clemer foi heroico em confronto com o Figueirense, em 2004. Foto: Inter/Divulgação

 

Adversários de hoje pela série B, Internacional e Figueirense são velhos conhecidos. Entre os jogos marcantes, está o enfrentamento entre os dois clubes na fase brasileira da Copa Sul Americana de 2004, onde o colorado levou a melhor e avançou na competição, para encarar o clássico Gre-Nal na fase seguinte.

A classificação colorada veio nos pênaltis após dois empates. No primeiro jogo, em Florianópolis, empate sem gols. No Beira-rio, empate em 1 a 1. Os gols da partida foram marcados por Danilo, para o Inter, e André Santos, para o Figueirense, empatando aos 45 minutos do segundo tempo, levando a decisão para as penalidades.

Nas cobranças, Clemer foi o grande herói colorado. O goleiro defendeu duas cobranças, de Alexandre e Isaías, e garantiu a classificação do Inter na vitória por 4 a 2. O goleiro Gustavo, do Figueirense, defendeu a cobrança do lateral esquerdo colorado, Vinicius.

Inter semifinalista em 2004

Os gaúchos fizeram boa campanha na edição de 2004 da copa Sul Americana. Após eliminar o Figueirense, os colorados superaram também o Grêmio, vencendo no Beira-rio por 2 a 0 e sendo derrotado no Olímpico por 2 a 1; o Cruzeiro, vencendo os dois jogos (3 a 1 no Beira-rio e 1 a 0 em Minas); e os colombianos do Júnior Barranquilha, após vitória em Porto Alegre por 1 a 0 e empate em 1 a 1 na Colômbia.

O Inter deixou a competição nas semifinais, ao ser eliminado pelo Boca Júniors, da Argentina. O time de Muricy Ramalho foi derrotado por 4 a 2 na La Bombonera e empatou sem gols em Porto Alegre. Na ocasião, o Inter teve a melhor campanha que um brasileiro já tinha realizado na competição – fato que se repetiria no ano seguinte, inclusive com eliminação para o Boca nas semifinais.

Título inédito em 2008

Em 2008, porém, o inter eliminou o Boca Juniors nas quartas de final e deu grande passo para, mais tarde, alcançar o título da competição. Fato inédito para o futebol brasileiro na época, que agora conta com três campeões: além dos gaúchos, São Paulo e Chapecoense conquistaram o título da Sul Americana.