Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Em alta e decisivo no Grêmio, Lucas Barrios demonstra gratidão ao Palmeiras

Foi com um gol de Lucas Barrios que o torcedor gremista respirou aliviado na última quarta-feira. O panorama do jogo contra o Botafogo, pelas quartas de final da Libertadores, não estava dos melhores para o Grêmio antes do gol do centrovante paraguaio, que empurrou o tricolor à semifinal da competição. Cada vez mais decisivo pelo time gaúcho, Barrios demonstra gratidão pelo primeiro clube que atuou em solo brasileiro.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Contratado sob grande investimento durante a temporada de 2015, Barrios foi importante no título do Palmeiras na Copa do Brasil no mesmo ano, mas não conseguiu manter a regularidade no ano seguinte e perdeu espaço em função de lesões e do crescimento de Gabriel Jesus. Sem mais espaço, optou por deixar o Verdão para vir ao Grêmio no início de 2017, e garante ter palavras de “agradecimento” ao Palmeiras.

“Os primeiros seis meses no Palmeiras fui bem também. Mas em 2016 não tive essa chance de jogar, não tive sequência por muitos motivos. Fomos campeões da Copa do Brasil de 2015. Estava no time, encaixado, era o Marcelo Oliveira o treinador. Nesse momento, consegui jogar, depois Gabriel Jesus começou a jogar na posição da frente e todo mundo sabe a qualidade dele, o que ele viveu em 2016 no Palmeiras. Então minhas palavras ao Palmeiras são de agradecimento pelo esforço que fez por mim”, destacou em entrevista ao programa Seleção SporTV, desta quinta-feira.

O final relativamente infeliz de sua passagem pelo Palmeiras serviu como estímulo para permanecer no Brasil e mostrar que tinha condições de atuar no país. Barrios confessou que não aceitou propostas do futebol do exterior para ter uma nova chance em algum clube brasileiro. E o escolhido foi o Grêmio.

“Sempre quis jogar no Brasil, gosto do futebol brasileiro. Agora, quando vieram propostas de fora, e da Europa, da América do Sul, eu quis ficar no Brasil. Gosto do futebol e tinha essa fome de mostrar que posso jogar no futebol brasileiro e dar esse aporte. Não é questão de dinheiro ou querer ficar em um lugar como estava no Palmeiras por uma questão econômica, mas sim para mostrar meu futebol”, colocou.

O centroavante ainda não renovou o contrato com o Grêmio e disse em ocasiões anteriores que só vai tratar desse tema após o término das competições que o clube está disputando. Além da semifinal da Libertadores, o tricolor segue em busca do Corinthians no Brasileirão. Domingo, a partir das 19 horas, o time gaúcho visita o Bahia.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Churrasco, pagode e até Neymar: antes do Botafogo, gremistas se divertem na Arena

Renato escreve carta aos torcedores e emociona: “Amor eterno”

As melhores notícias de esportes, direto para você