F1: Preocupado com o sistema de punições do grid, Ross Brawn pretende conversar com a FIA

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Ross Brawn F1

Crédito: Reprodução/Twitter

No último fim de semana, nove pilotos do grid sofreram punições por mudanças de peças no carro, o que gerou uma preocupação no diretor esportivo da F1, Ross Brawn. Receoso sobre como os fãs da categoria podem encarar este número de punições e alterações no grid de largada, Brawn planeja discutir com a FIA possíveis mudanças no regulamento da competição.

Desde que assumiu o controle da F1, o grupo Liberty Media tem se preocupado em se aproximar dos fãs da categoria. E algo chamou a atenção do diretor esportivo da competição, Ross Brawn neste último fim de semana em Monza: o número alto de pilotos que sofreram punições no grid por conta de trocas em componentes dos carros. Apenas Lewis Hamilton largou na sua posição original do treino classificatório:

“Este é um aspecto das regras que precisa ser analisado de perto porque, se isso é correto em princípio, sua implementação definitivamente é difícil para os fãs engolirem”, confirmou Ross Brawn na newsletter oficial da F1 divulgada ontem (05/09).

O dirigente deixou claro que deve procurar a FIA para discutir a respeito e apresentar novas ideias: “Nós temos algumas ideias sobre como mudar isso e vamos precisar discutir em detalhes com a FIA para ver como é possível melhorar a situação.”

Brawn terá o apoio de algumas equipes, como o chefe da Red Bull, Christian Horner, e do diretor de corridas da McLaren, Éric Boullier, que apresentou a sua visão sobre o caso em entrevista à revista inglesa Autosport: “Concordo com Ross. Ele disse antes nesta semana que ele quer se livrar disso. E nós devemos, para ser sincero. Você já sofre uma punição quando você tem algo quebrado no carro, ou quebra um câmbio, então eu acho que isso deveria ser simplesmente baseado no ritmo e não em uma punição na forma como você monta o grid.”

LEIA MAIS:
F1: RICCIARDO ACREDITA QUE MCLAREN SERÁ MAIS RÁPIDA COM OUTRO MOTOR
QUANTOS PILOTOS BRASILEIROS DA F1 VOCÊ CONSEGUE RECONHECER? FAÇA O TESTE!