Mídia Esportiva

Flamengo homenageia Marcelo Rezende com lembrança de seu “bordão”; veja

Publicado às

Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.

Crédito: Reprodução/TV Record

No último sábado, o jornalista Marcelo Rezende faleceu aos 65 anos de idade, vítima de falência múltipla dos órgãos em consequência de um câncer no pâncreas com metástase no fígado. O apresentador da Record popularizou-se com o bordão “Corta para Mim”, que virou até capa de um dos seus livros. Ele começou a carreira no esporte e, por isso, sua morte comoveu bastante o ramo – o Flamengo, por exemplo, fez questão de homenageá-lo.

Em sua conta no Twitter, o clube rubro-negro relembrou uma postagem do ano passado em que fez uso do famoso bordão de Rezende. Na ocasião, o Flamengo vencera o Figueirense por 3 a 1, em Cariacica (ES), e revertia desvantagem na série válida pela Copa Sul-Americana.

Reveja!

PASSAGEM PELO ESPORTE

O carioca Marcelo Rezende começou sua carreira na cobertura esportiva. Nos anos 1970, era repórter no “Jornal dos Sports”, do Rio, passando também pelo jornal “O Globo”, pela revista “Placar” até desembarcar na TV Globo em 1987.

Ainda nos anos 80, Rezende fez parte da equipe que transmitiu a Copa América de 1989 junto com Galvão Bueno. A seguir, você pode acompanhar uma reportagem do então setorista do Flamengo!

LEIA TAMBÉM:
Texto de incentivo a Muralha “viraliza” e emociona torcedores do Flamengo
Flamengo tem meio time de “pendurados” para jogo contra o Sport; veja lista
Muralha joga? Veja a PROVÁVEL escalação do Flamengo para enfrentar o Sport

Rueda usa Diego e Éverton Ribeiro juntos no Flamengo em apenas 3% do tempo