Guia da NFL 2017: Tampa Bay Buccaneers

Depois de campanhas nada animadoras em anos anteriores, o Tampa Bay Buccaneers foi muito bem em 2016, demonstrou força diante de adversários poderosos, mas oscilou muito nas rodadas finais e viu a vaga para os playoffs ficar com o Detroit Lions nos critérios de desempate.

Rodrigo Nascimento
Colaborador do Torcedores.com, amante dos esportes americanos e do automobilismo.

Crédito: Logo Oficial do Tampa Bay Buccaneers

HISTÓRIA: Fundado em 1976, o Tampa Bay Buccaneers teve um inicio complicado na NFL, perdendo todos os primeiros 26 jogos que disputou pela liga. na verdade, os Bucs tiveram apenas alguns momentos inesquecíveis durante esses anos, parte deles entre o fim dos 70 e inicio dos anos 80. Em sua primeira final de conferência, em 1979, acabou sendo derrotado pelo Los Angeles Rams. Depois disso, a equipe sofreu durante anos, até que voltou a marcar presença nos playoffs no final dos anos 90. Em 2002, veio a grande temporada da história do Buccaneers, o título da NFC e a conquista do Super Bowl diante do Oakland Raiders . Desde então, o Bucs vive de algumas boas temporadas, como no ano passado por exemplo, e campanhas decepcionantes.

COMO FOI EM 2016? Finalmente o Bucs voltou a fazer uma campanha positiva na NFL. O ataque aéreo comandado pelo QB Jameis Winston foi o grande destaque da equipe de Tampa durante a temporada, e por muito pouco, a vaga para os playoffs não veio. A equipe conquistou 9 vitórias e 7 derrotas, campanha igual ao do Detroit Lions, mas nos critérios de desempate o Buccaneers acabou ficando de fora.

QUEM CHEGOU? DE Chris Baker (Redskins), WR DeSean Jackson (Redskins), DB J.J. Wilcox (Cowboys), K Nick Folk (Jets).

QUEM SAIU? QB Mike Glennon (Bears), WR Russel Shepard (Panthers), FS Bradley McDougald (Seahawks), DT Akeem Spence (Lions).

DRAFTADOS:

1º round: O.J. Howard, TE de Alabama

2º round: Justin Evans, S de Texas A&M

3º round: Chris Godwin, WR de Penn State e Kendell Beckwith, ILB de LSU

4º round: não teve

5º round: Jeremy McNichols, RB de Boise State

6º round: não teve

7º round: Stevie Tu’ikolovatu, NT de USC

O QUE ESPERAREM 2017? Com a melhora apresentada nas últimas temporadas, não será uma surpresa se o Bucs conseguir um lugar nos playoffs em 2017. desde a chegada do QB Jameis Winston, que o ataque da equipe de Tampa evoluiu, e a expectativa se finalmente quebrar o tabu de quase uma década longe da pós temporada, é enorme. A tabela pode ser um ponto a favor a franquia, em comparação a possíveis adversários pelas vagas de Wild Card. Portanto, 2017 tem tudo para ser um bom ano para os Buccaneers.

Ano de fundação: 1976
Cidade: Tampa
Estádio: Raymond James Stadium (Capacidade: 65.890)
Divisão: NFC Sul
1 Título do Super Bowl: 2002

LEIA MAIS:
GUIA NFL 2017: ATLANTA FALCONS
GUIA DA NFL 2017- NEW ORLEANS SAINTS