Extra-campo

Moisés sonha com a Seleção Brasileira e espera ser lembrado por Tite

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução: Sociedade Esportiva Palmeiras

O camisa 10 do Palmeiras, Moisés, que ficou mais de 5 meses longe dos gramados, volta a jogar bem e espera por uma oportunidade de vestir a “amarelinha”.

O meia palmeirense tinha o objetivo de ser campeão da Libertadores, esse ano e, com isso, ser levado para a Seleção Brasileira. Porém, a eliminação precoce do Palmeiras, para o Barcelona do Equador, adiaram um pouco os planos do camisa 10, chamado de “Profeta” pelos torcedores.

Apesar desse objetivo com a equipe paulista não ter sido alcançado, Moisés aposta em seu rendimento dentro de campo para poder jogar pela Seleção. O jogador pretende ter atuações como as do ano passado, onde levou o Palmeiras ao título do Campeonato Brasileiro, e se possível até melhorar para, quem sabe, estar em uma possível lista para a Copa do Mundo da Rússia, em 2018.

Moisés que surpreendeu a todos – voltando antes do tempo determinado pela equipe médica do clube – sabe que o grupo que Tite tem em mente, para a disputa da Copa do Mundo, está se fechando, mas espera poder agradar os olhos do treinador e aparecer na lista final, tendo sua primeira oportunidade com a camisa amarela.

Além do sonho de vestir a camisa da Seleção, Moisés tem outras metas que pretende cumprir. O meia tem como principal meta: não sofrer uma lesão. O jogador não conseguiu disputar duas Libertadores completas, com a equipe, por conta de lesões no pé e no joelho respectivamente. Moisés pretende fazer trabalhos preventivos e se cuidar bem fisicamente para que não volte a ter uma sequência de jogos interrompida novamente. Outra meta é de conseguir fazer um segundo turno – do Campeonato Brasileiro – acima da média, para que possa ajudar o Palmeiras a ficar com o título do turno e garantir a vaga para a Libertadores do ano que vem. A partir dessas metas pontuadas, caso consiga, o jogador espera ganhar troféus como ganhou ano passado (melhor meia do Campeonato Brasileiro).

O jogador não esconde a vontade que tem de jogar Libertadores e por isso lamenta não tem conseguido completar as duas em que atuou com o Verdão. Para ele, o segredo de conquistar uma taça tão importante para o continente é estar sempre disputando e com isso ir se familiarizando com o torneio e aprendendo os “atalhos” para chegar ao título. Segundo o camisa 10, o planejamento do Palmeiras está dando frutos antes do tempo. Alexandre Mattos tinha como meta colher os frutos (ganhar títulos) nos anos de 2019, 2020, etc. E o meia ressalta que não tem dúvida que esse planejamento foi bem feito e que o Palmeiras irá conquistar muitas coisas boas nos próximos anos.

Moisés afirmou em entrevista, após o Choque-Rei, que o adversário do Palmeiras é o próprio Palmeiras e que se depender dele e dos companheiros as respostas que os torcedores estão esperando, por resultados, virão dentro das quatros linhas e a torcida pode esperar um ótimo segundo turno pois o Palmeiras será coroado lá na frente.

LEIA MAIS:
MOISÉS SOFRE PANCADA NO TORNOZELO EM JOGO-TREINO E DÁ SUSTO NO PALMEIRAS
MOISÉS APOIA RETORNO DE FELIPE MELO: “NUNCA DEIXOU DE TER CLIMA PARA ELE NO PALMEIRAS”
PALMEIRAS APRIMORA PARTE FÍSICA EM TREINO ; FELIPE MELO FICA NA PARTE INTERNA