Futebol Internacional

Nova Zelândia x Ilhas Salomão decidem uma vaga para a repescagem na Copa 2018

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Nova Zelândia quer confirmar a sua vaga para a repescagem sem qualquer susto, diante das Ilhas Salomão (FOTO: Reprodução Youtube/ Canal oficial da FIFA)

Amanhã, Nova Zelândia e Ilhas Salomão decidem quem vai ser o representante da Oceania na disputa por uma vaga na repescagem para a Copa do Mundo de 2018,na Rússia. O segundo jogo acontece à 00h00 (horário de Brasília),no estádio Lawson Tama, na cidade de Honiara (capital salomonense) e quem passar,encara o quinto colocado da América do Sul, em novembro, em jogos de ida e volta.

Por enquanto, a vantagem é da Nova Zelândia, pois no primeiro jogo, aplicou uma impiedosa goleada de 6 x 1 em casa. E para conseguir o feito de perder a classificação, os “All Whites” precisariam ser goleados por cinco gols ou mais de diferença. O que é improvável, mas que no mundo do futebol, já vimos que isso é possível.

A CAMPANHA

Neozelandeses e salomonenses chegaram até esta “final”, sem muitos sustos. As duas seleções lideraram seus grupos com facilidade. Enquanto a Nova Zelândia terminou invicta com 10 pontos em quatro jogos, Ilhas Salomão, só perdeu um jogo na sua trajetória, tendo conquistado obviamente, nove pontos na fase de classificação.

Em entrevista coletiva, antes da partida, o técnico dos “All Whites”,Anthony Hudson comentou sobre o que seus comandados tem que fazer para se garantir na repescagem sem qualquer percalço.

– Nós não estamos dando nada por decidido e é uma questão de orgulho que nos preparamos corretamente e vamos lá para ganhar. Sabemos que não será nada fácil (jogar) em Honiara e o objetivo desse grupo de jogadores é simples; Jogar bem, ganhar o jogo e confirmar o nosso lugar no Playoff (Repescagem). Ninguém na nossa equipe está pensando em novembro ainda e não podemos dar ao luxo de com o que está em jogo nesta partida – declarou o treinador da seleção neozelandesa.

Amplamente favorita para passar, a Nova Zelândia conta com o “faro de gol” do atacante Chris Wood que defende o Burnley (Inglaterra) e do talento do meia Ryan Thomas que joga no Zwolle (Holanda) para ter uma chance de disputar mais uma Copa do Mundo, o que seria a terceira vez em sua história.

CONFIRA OS GOLS DO PRIMEIRO CONFRONTO

Créditos: Youtube/Skysport TV (Nova Zelândia)

LEIA MAIS

VEJA A CRÔNICA DO PRIMEIRO JOGO DA “FINAL” DAS ELIMINATÓRIAS DA OCEANIA