Futebol

Opinião: Os prós e contras de Cristian, nova contratação do Grêmio

Publicado às

Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)

Grêmio

Crédito: Foto: Lucas Uebel/Grêmio.

O Grêmio oficializou na noite desta segunda-feira (4) a contratação do volante Cristian, 33 anos, por empréstimo junto ao Corinthians até o final da temporada. O meio-campista chega para suprir a ausência de Maicon, que passou por cirurgia no tendão de aquiles e só retorna aos gramados em 2018.

A princípio, Cristian terá condições legais apenas para disputar o Brasileirão já que não disputou nenhum jogo pelo time paulista. Poderá ser inscrito na Copa Libertadores caso o Grêmio elimine o Botafogo e avance à semifinal.

Veja abaixo os prós e contras da contratação do volante:

Prós 

Experiência – O jogador tem experiência de sobra. Além de duas passagens pelo Corinthians, atuou por Fenerbahce-TUR, Atlético-PR, Paulista de Jundiaí e Flamengo. Conta com vários títulos no currículo, entre eles o Brasileirão de 2015 pelo Corinthians.

Segredos do Corinthians – Desde o início de 2015, Cristian defendia o Corinthians, concorrente direto do Grêmio na disputa pelo título do Brasileirão. O volante pode passar informações importantes ao técnico Renato Gaúcho sobre o trabalho do técnico Fábio Carille.

Profissionalismo – Mesmo afastado do elenco principal do Corinthians desde março, o volante não deixou de ir ao CT Joaquim Grava e fez atividades físicas durante os últimos cinco meses.

Contras 

Falta de ritmo de jogo – Cristian não disputa um jogo oficial desde dezembro do ano passado, quando esteve em campo na derrota corintiana para o Cruzeiro na despedida do Brasileirão. Em fevereiro deste ano disputou o amistoso contra a Ferroviária, último teste antes do início da temporada. Desde março vinha treinando em separado do elenco após ser afastado pelo técnico Fábio Carille.

Histórico de lesões – Durante a sua segunda passagem pelo Corinthians, ele conviveu com lesões e não conseguiu se firmar na equipe sob os comandos dos técnicos Tite, Cristóvão Borges, Oswaldo de Oliveira e Fábio Carille. Não foi nem sombra daquele jogador que encantou os corintianos em 2008 e 2009.

VEJA TAMBÉM:

Reapresentação do Grêmio tem novo reforço e reservas em campo 

Fernandinho exalta Renato Gaúcho: “cara do bem que passa confiança” 

Fernandinho MITA em jogo que não vale para o Cartola FC