Futebol

De volta ao Palmeiras, Felipe Melo diz que não pediu perdão a Cuca

Publicado às

Jornalista formado pela FIAM-FAAM. Setorista do Internacional e do Fluminense no Torcedores.com. Também escreve sobre o Palmeiras no site. Contato: mohamed.nassif12@hotmail.com

Palmeiras

Crédito: Foto: Divulgação Palmeiras

Felipe Melo está de volta ao Palmeiras. O volante afastado por Cuca dias após a eliminação do Verdão na Copa do Brasil foi reintegrado ao elenco e já concedeu a primeira entrevista coletiva, em que esclareceu como foi seu retorno.

Após o afastamento de Melo, um áudio do camisa 30 foi espalhado, e nele o jogador falava mal de Cuca, o que piorou a relação entre os dois e, consequentemente, dificultou mais ainda o seu retorno. Como a janela de transferências para o futebol europeu se encerrou e Felipe não deixou o Palmeiras, além de possíveis problemas extra campo, o atleta voltou a integrar o elenco Alviverde.

Mas se engana quem pensa que Felipe Melo pediu desculpas ao técnico Cuca. O jogador desmentiu que tenha feito isso:

“Falei que perdi perdão, mas não para o Cuca. Na verdade não é só o Cuca e o Felipe Melo. Para o Palmeiras, que está envolvido na situação: diretor, treinador, funcionários do clube, jogadores. Tudo foi conversado. Falei com o treinador, diretor. Me acertei com quem tinha que acertar. É bom explicar que aquilo que saiu (no áudio) eu não acho que seja. Agora é seguir em frente.”

Felipe disse que já conversou com Cuca e que o desabafo que teve no áudio foi por ter estado de cabeça quente após o afastamento e a eliminação para o Cruzeiro na Copa do Brasil:

“Do áudio, foi uma situação depois do meu afastamento. O importante é que conversei com ele, e a gente se acertou. O que falei no áudio eu não acho dele, não foi de coração. Creio que não é nada daquilo que falei.”

AMBIENTE TUMULTUADO NO PALMEIRAS?

Boatos de que Felipe Melo havia tumultuado o ambiente palmeirense surgiram ao longo da “novela” que o afastou. O jogador se defendeu, se baseando em declarações de seus companheiros para provar que não estava tumultuando:

“Um cara que tumultua o elenco, saindo, a tendência é o time ‘voar’, ganhar os jogos que têm. O problema não era o Felipe Melo. Eu vi vários jogadores falando da minha pessoa. Se pegar o histórico não vai ver problemas, uma hora ou outra como já aconteceu. Foi importante receber mensagem de muito deles, o abraço. Quem tentou fazer essa situação se de mal.”

Leia mais: Felipe Melo diz por qual clube nunca jogaria 

Luan fala sobre o Palestra ter “largado” o Brasileiro no começo do campeonato