Extra-campo

Opinião: o que o Palmeiras precisa para se encontrar em 2018

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução: Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

O Palmeiras está tendo um ano difícil, então listei alguns ponto que o time precisa fazer para se encontrar em 2018.

Confira:

1. Filosofia de Trabalho

A diretoria palmeirense tem contratado como um trem desenfreado e sem pensar se o jogador tem mesmo vaga no time, alguns tem vindo para não ser contratados por adversários, outros por clamor da torcida e uns até por oportunidade e facilidade de mercado, o problema é que muitos têm ficado de fora da equipe e não se encaixam.

2. Filosofia do treinador

O time começou o ano com Eduardo Batista que insistiu no seu 4-1-4-1, onde alguns jogadores importantes não conseguiram se encaixar nas novas funções táticas. Foi então que Cuca voltou, porém, o atual treinador voltou achando estar em 2016 e não mostrou evolução pois o time está um tanto quanto diferente. No momento ele começou a perceber isso, agora está testando uma nova formação para ajustar ou uma formação que melhor se adeque ao elenco atual.

3. Preparo físico

O Palmeiras parece estar cansando todo fim de jogo e acaba se dando mal em alguns jogos pelo fato de não ter mais pernas pra correr. Talvez reduzir a intensidade e aumentar a posse e jogadas ensaiadas ajude. O maior problema tem sido as lesões que sempre tira alguns jogadores de combate em momentos importantes como o jogo de volta com o Barcelona, onde no melhor momento Dudu sentiu e saiu, além disso Moisés e Bruno Henrique fizeram seus minutos finais mancando.

4. Menos exposição

Esse ano o Palmeiras sofreu com a exposição de situações internas que foram a público, e também situações que poderiam ser evitadas. No centro da maioria das situações estava Felipe Melo, que disse “Se precisar dar tapa em cara de uruguaio eu vou dar”, cobrou jogadores, conseguiu criar rusgas com o treinador, além de desentendimentos com Roger Guedes e o preparador físico.

5. Valorizar investimentos

Talvez uma das coisas mais questionadas no Palmeiras seja essa, Borja maior contratação têm ficado no banco e entrar aos 45 do segundo tempo também não tem ajudado. Felipe Melo foi afastado e jogadores da base nunca tem espaço de aparecer.

LEIA MAIS:
LUAN FALA SOBRE O PALMEIRAS TER “LARGADO” O BRASILEIRÃO NO COMEÇO DO CAMPEONATO
DONA DA CREFISA DEFENDE INVESTIMENTO EM BORJA NO PALMEIRAS: “CONFIO NELE”
OPINIÃO: 5 PERGUNTAS QUE O TORCEDOR DO PALMEIRAS QUER FAZER A FELIPE MELO