Extra-campo

Portuguesa se acerta verbalmente com credores e leilão pode ser suspenso

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Kayque Dias/Torcedores.com

Em entrevista ao programa Paixão Lusa da rádio Trianon, um dos credores da Portuguesa, o conselheiro Joaquim Justo dos Santos relatou que houve acordo entre ambas as partes.

Segundo Joaquim houve uma reunião entre a diretoria rubro-verde, os credores Joaquim Justo dos Santos e Carlos Duque, além dos advogados de ambos para firmarem um acerto verbal para suspenderem o leilão do estádio do Canindé que ainda está ativo.

LEIA MAIS:
Futsal: Categorias de base conseguem excelentes resultados nesse final de semana
Sub-20: Portuguesa bate o São Paulo no clássico pelo Campeonato Paulista
No duelo pela liderança do grupo 3 da Copa Paulista, São Caetano e Portuguesa ficam no empate
Portuguesa perde para a Ponte Preta e acaba sendo eliminada no Campeonato Paulista

E faltam apenas poucos detalhes para que o acerto vá para o papel e seja concretizado, sendo assim suspendendo o leilão do estádio do Canindé. Joaquim contou que colocou dinheiro na Portuguesa para pagar uma divida que o clube tinha na época e não recebeu de volta, o acordo parou de ser pago quando o presidente Ilídio Lico assumiu a presidência da Portuguesa em 2014.