Vozes da marca

Rossi impede aproximação de Dixon e vence GP de Watkins Glen da Indy

Publicado às

Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: Foto: IndyCar

Alexander Rossi venceu neste domingo (3) o Grande Prêmio de Watkins Glen, penúltima etapa da temporada 2017 da Verizon IndyCar Series. O piloto da Andretti-Herta largou da pole position e se viu obrigado a apostar em uma estratégia diferente após ter problemas em um dos reabastecimentos, mas apareceu na liderança na parte final da corrida, impediu a aproximação de Scott Dixon e venceu pela segunda vez na carreira.

A segunda colocação ficou justamente com Dixon, piloto da Chip Ganassi que terminou a corrida um segundo atrás do vencedor. Ryan Hunter-Reay terminou a prova na terceira colocação com um equipamento da Andretti Autosport, enquanto Helio Castroneves foi o quarto com um carro da Penske. O grupo dos cinco primeiros contou ainda com Graham Rahal, da Rahal Letterman.

Will Power ficou com a sexta colocação com mais um carro da Penske, e foi seguido por Charlie Kimball e Max Chilton, ambos pilotos da Chip Ganassi. A nona colocação ficou com Simon Pagenaud, mais um piloto da Penske, enquanto o colombiano Carlos Muñoz completou a lista dos dez melhores com um equipamento preparado pela AJ Foyt.

Líder do campeonato, Josef Newgarden terminou a prova apenas na 18ª colocação. O americano da Penske bateu contra o guard-rail que separa a saída dos boxes da pista e acabou atingido por Sébastien Bourdais, deixando qualquer possibilidade de bom resultado. No mesmo incidente, Tony Kanaan danificou a suspensão de sua Ganassi.

A temporada 2017 da Verizon IndyCar Series será encerrada no dia 17 de setembro, com a realização do Grande Prêmio de Sonoma.

Confira como foi a corrida

A largada teve Josef Newgarden pulando da terceira para a primeira colocação, mas escapou da pista na primeira curva, perdendo as posições para Rossi e Dixon. Helio Castroneves manteve a sexta colocação nos metros iniciais da corrida. No complemento da primeira volta, praticamente todos os pilotos foram aos boxes para colocar pneus slicks, exceção feita a Max Chilton e JR Hildebrand.

Na segunda volta Castroneves, que voltou à pista na quarta posição, superou Rossi, e assumiu a liderança da corrida após Chilton e Hildebrand irem aos boxes. O brasileiro passou a abrir vantagem sobre Rossi, enquanto Dixon, que caiu para o quinto lugar após a rodada de paradas nos boxes, superou Ryan Hunter-Reay, ganhando a quarta posição.

Na quinta volta, Spencer Pigot rodou sozinho, mas conseguiu seguir na prova. No giro seguinte, James Hinchcliffe parou na pista, forçando a primeira bandeira amarela da corrida. O canadense da Schmidt Peterson conseguiu voltar aos boxes, mas não retornou à corrida.

A relargada aconteceu na volta 9, e Castroneves manteve a primeira posição, seguido por Rossi. Dixon, por sua vez, superou Newgarden para tomar a terceira posição. O brasileiro chegou a abrir 1s7 de frente, mas viu o piloto da Andretti-Herta reduzir a diferença. Mais atrás, Charlie Kimball passou por Hunter-Reay e assumiu o quinto lugar.

Na 15ª volta, Takuma Sato teve problemas e parou seu carro na pista, provocando a segunda bandeira amarela da prova. Os líderes foram para os boxes e Castroneves foi o primeiro a deixar os pits. A liderança, porém, ficou com Pigot, que optou por não visitar os boxes, atitude seguida por Chilton, Hildebrand, Marco Andretti e Jack Harvey.

A relargada aconteceu na volta 18, e Castroneves acabou ultrapassado por Rossi e Hunter-Reay, caindo para o oitavo lugar. Na sequência, os americanos passaram por Harvey, enquanto Dixon ganhou a nona posição de Newgarden na volta 19. Rossi, por sua vez, assumiu a terceira posição na volta 19, superando Chilton logo depois.

Rossi se aproximou de Pigot, mas viu o piloto da ECR visitar os boxes na 23ª volta. Depois, o próprio Rossi fez seu pit stop no giro seguinte, cedendo a liderança da corrida para Hunter-Reay. Chilton fez sua parada na volta 26, enquanto Castroneves, aproveitando todas as paradas, avançou para o segundo lugar.

Takuma Sato rodou e forçou a terceira bandeira amarela da corrida na volta 28. Os líderes foram aos boxes e Hunter-Reay foi o primeiro a deixar o pit lane, seguido por Castroneves, Dixon, Marco Andretti e Newgarden. A liderança da prova, porém, voltou para as mãos de Rossi.

A prova teve seu recomeço na 30ª volta, e Graham Rahal superou Newgarden para assumir a nona posição. No giro seguinte, Kimball tentou passar pelo líder do campeonato e acabou superado por Will Power, Simon Pagenaud e outros pilotos. Rossi, por sua vez, aumentou muito sua vantagem, abrindo 3s7 para Pigot.

Com 33 voltas, Castroneves partiu para o ataque sobre Hunter-Reay, mas acabou superado por Dixon na passagem seguinte. O americano da Andretti Autosport, por sua vez, ganhou a quarta posição ao passar por Hildebrand. Com 37 giros completados, Rossi abriu dez segundos sobre Pigot, que abriu uma nova janela de paradas na volta 39.

Dixon avançou ao terceiro lugar ao superar Hunter-Reay na 40ª volta. O neozelandês assumiu a liderança da corrida na volta 43, quando Rossi e Chilton pararam nos boxes. O líder, além de Hunter-Reay e Castroneves fizeram a última parada na volta 45, enquanto Newgarden parou no giro seguinte.

O líder do campeonato se atrapalhou e acertou o guard-rail que separa a pista, e acabou abalroado por Sébastien Bourdais, forçando a quarta bandeira amarela da prova. Tony Kanaan também bateu. Rossi aparecia na liderança, seguido por Dixon, Hunter-Reay, Castroneves e Rahal. Newgarden visitou algumas vezes os boxes, mas seguiu com problemas no carro.

A relargada aconteceu na volta 50, com Rossi e Dixon disparando em relação a Hunter-Reay. O neozelandês tentou se aproximar do piloto da Andretti-Herta, que impediu qualquer ação e seguiu para a vitória. Castroneves também não teve condições de pressionar Hunter-Reay e teve de se contentar com a quarta posição.

Foto:IndyCar

O AUTOLINE é um classificado de compra e venda de automóveis, com mais de 150 mil ofertas de veículos seminovos, novos e usados, totalmente gratuito para o anunciante. Acesse e conheça: www.autoline.com.br