São Paulo bate Vitória em confronto direto; veja notas dos são paulinos

Foto: Miguel Schincariol / saopaulofc.net

O São Paulo conquistou bom resultado na tarde deste domingo (17), no estádio do Barradão, em Salvador. A equipe superou o Vitória pelo placar de 2×1, em confronto direto contra o rebaixamento, válido pela vigésima quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o triunfo, o tricolor paulista chegou aos 27 pontos, mas ainda não consegue deixar a zona dos times que estariam descendendo para a Série B, subindo à décima sétima colocação. O rubro-negro baiano, por sua vez, cai para a penúltima posição com 26.

No São Paulo, destaque positivo para para Éder Militão, que atuou como lateral direito, uma posição bastante carente na equipe do Morumbi, e ainda anotou um dos gols do triunfo. O outro foi marcado em lance no qual Cueva bateu escanteio e Fillipe Souto resvalou para a própria meta.

Confira notas dos são paulinos:

Sidão (6.5) – Não foi muito exigido ao longo do jogo, porém nos minutos finais fez duas importantes defesas que garantiram a vitória.

Éder Militão (8.0) – O melhor em campo pelo lado paulista. Verdade que o tento do Vitória saiu pelo seu lado, porém anotou um dos gols são paulinos.

Arboleda (7.0) – Muito seguro nas bolas pelo alto, procurou fazer o simples.

Rodrigo Caio (6.5) – Criticado por parte da torcida, não comprometeu.

Júnior Tavares (6.0) – Finalmente voltou a jogar como titular. Atuação discreta, não apoiou tanto. Cometeu pênalti em Tréllez que foi ignorado pelo árbitro.

Petros (6.0) – Dá maior qualidade no passe do São Paulo. O meio campo do Vitória não provocou maiores dores de cabeça para o volante.

Lucas Fernandes (6.5) – Deu bastante mobilidade para o meio campo são paulino, chegando bem à frente.

(Thomaz) (5.5) – Pouco fez durante o tempo que esteve em campo.

Jonatan Gomez (5.0) – Entrou com o objetivo de dar qualidade à saída de bola, mas foi o pior em campo. Abusou das faltas cometidas, mostrando-se, muitas vezes, fora do ritmo da partida.

(Cueva) (7.0) – Entrou bem na partida, tanto é que participou do lance do segundo gol ao bater escanteio que Fillipe Souto cortou para o próprio gol.

Hernanes (6.0) – Não repetiu as boas atuações de jogos anteriores, mas é inegável sua qualidade. Poderia ter feito o terceiro no final ao passar para Thomaz, mas foi fominha e perdeu a chance.

Marcos Guilherme (5.5) – Partida abaixo do esperado. Não teve grande participação ofensiva.

(Bruno Alves) (SEM NOTA) – Jogou pouco tempo.

Lucas Pratto (7.5) – Um verdadeiro “monstro” dentro de campo. Brigador na parte da frente, ajudou no momento decisivo em bolas aéreas e demonstrou muita raça.

Dorival Júnior (6.5) – Foi muito bem ao colocar Cueva no segundo tempo, mas a aposta em Jonatan Gomez não surtiu efeito. Resultado bom na briga contra o rebaixamento.

LEIA MAIS:
SÃO PAULO CONQUISTA TRÊS PONTOS IMPORTANTES CONTRA O VITÓRIA, MAS SEGUE NO Z4
VITÓRIA 1×2 SÃO PAULO: ASSISTA AOS GOLS DA PARTIDA