Futebol

São Paulo tem aproveitamento pior que Internacional de 2016, na 22ª rodada

Publicado às

Estudante de Jornalismo-UFU. Apaixonado por esporte, em especial, o nosso futebol !!!!! Santista e fã do menino Ney

Crédito: Reprodução: Site Oficial São Paulo FC

Na  22ª rodada do ano passado, era o Internacional que passava pela mesma situação que o São Paulo neste ano. Após 22 partidas já realizadas, o clube gaúcho obtinha 24 pontos, enquanto o tricolor paulista tem, em 2017, um ponto a menos (23).

A tão temida Série B bate na porta agora, de outro gigante do futebol brasileiro. Em 2016, o Internacional não conseguiu reverter o vexame e caiu para a segunda divisão do campeonato brasileiro. Na 17ª posição em 22 rodadas e com três técnicos diferentes ( Argel Fucks, Falcão e Celso Roth) o colorado teve uma sequência de 14 jogos sem vitórias. Paralelamente, o São Paulo também vive uma situação delicada em 2017. Com 23 pontos, na vice lanterna e pressionado pela torcida, Dorival Júnior tenta mudar o destino sombrio.

Embora haja muitas teorias sobre tal momento crítico, a falta de planejamento parece ser o principal motivo. A investida de Rogério Ceni, ídolo maior, foi um erro em relação a falta de experiência do precoce técnico. Os números também evidenciam a tese: 35 partidas, delas, 14 vitórias, 11 empates e 10 derrotas (50,48%). Embora não sejam números desastrosos, o que levou sua demissão foram as três eliminações de certo modo, antecipadas, pela Copa do Brasil (Quarta Fase), Paulista (Semi final) e Sul Americana (Primeira rodada).

Apesar de todas essas circunstâncias o torcedor do tricolor segue confiante em uma sequência positiva que possa afastar o time da degola. Dorival Júnior em suas entrevistas ressalta que o setor defensivo é o que mais precisa de ajustes. Com a quarta defesa mais vazada do Campeonato Brasileiro, com 33 gols sofridos, a equipe trabalha para manter uma consistência defensiva e com a ajuda de craques como, Hernanes, Lucas Pratto e Jucilei, voltar ao topo.

Além do São Paulo, mais três clubes ainda não caíram para a segunda divisão. Santos, Cruzeiro e Flamengo prolongam a lista dos que nunca jogaram a Série B.

LEIA MAIS:
LEÃO VÊ ‘MOMENTO’ PARA RENAN RIBEIRO E NÃO CRÊ NA QUEDA DO SÃO PAULO: ‘É MUITO GRANDE’
INTER AVALIA QUE DESEMPENHO NO ANO SE DIVIDE ENTRE ANTES E DEPOIS DE DAMIÃO
HERNANES COBRA MAIOR COMPROMISSO NO SÃO PAULO: “TEMOS QUE TRABALHAR AINDA MAIS”