Stock Car: Zonta supera Gomes e vence segunda corrida em Londrina

Ricardo Zonta venceu a corrida de encerramento da oitava etapa da Stock Car, disputada no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina (PR). O piloto da Shell Racing fez uma parada nos boxes rápida e se aproveitou para tomar a liderança da prova na 25ª volta, rumando para o seu segundo triunfo na temporada.

Leonardo Marson
Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: Foto: José Mário Dias

A segunda colocação ficou com Marcos Gomes, piloto da Cimed Racing que se colocou na liderança da prova após a rodada de paradas nos boxes, mas acabou superado por Zonta na parte final da prova. O pódio foi completado por Rubens Barrichello, da Mobil Super Full Time, que superou Antonio Pizzonia nos momentos finais da prova.

Pizzonia acabou a prova na quarta colocação com o carro da Prati-Donaduzzi, enquanto Gabriel Casagrande, representante da Vogel, terminou em quinto. Átila Abreu, que chegou a duelar pela vitória, acabou em sexto, logo à frente de Valdeno Brito, da EisenBahn. Sérgio Jimenez levou o equipamento da Hot Car ao oitavo posto, e foi seguido por Allam Khodair, da Full Time. Cacá Bueno, da Cimed, fechou o top-10.

A corrida foi marcada ainda pelo abandono dos dois líderes do campeonato. Thiago Camilo foi tocado por Max Wilson ainda na largada, e atingiu o carro de Daniel Serra. O incidente ainda custou a Marcio Campos o abandono da prova, enquanto Ricardo Maurício e Rubens Barrichello também sofreram toques, mas permaneceram na corrida.

Após a etapa de Londrina, a Stock Car tem a liderança de Daniel Serra, que tem 235 pontos, contra 222 de Thiago Camilo. Átila Abreu é o terceiro com 180, e é seguido por Felipe Fraga, outro que abandonou a segunda prova do dia e que tem 174. O grupo dos cinco melhores ainda conta com Cacá Bueno, com 161.

A Stock Car prossegue no dia primeiro de outubro, com a disputa da etapa de Buenos Aires, na Argentina.

Confira como foi a corrida

A prova começou com Antonio Pizzonia, que largou da primeira colocação após ser o décimo na primeira corrida do dia, manteve a liderança, seguido por Átila Abreu, que superou Gabriel Casagrande. Um pouco mais atrás, Thiago Camilo foi tocado e rodou, atingindo Daniel Serra. Ambos foram atingidos por Marcio Campos, e todos abandonaram. O Safety Car foi acionado.

A relargada da prova aconteceu apenas na sexta volta, com Pizzonia mantendo a primeira colocação, enquanto Átila seguiu em segundo. No giro seguinte, Felipe Lapenna e Julio Campos se tocaram, e o piloto da Cavaleiro acabou punido pela direção de prova com um drive-through por atitude anti-desportiva.

Felipe Fraga e Cacá Bueno começaram a trocar ultrapassagens, com o atual campeão levando vantagem em relação ao veterano e faturando o sexto lugar. Na frente, quem começou a aparecer na corrida foi Marcos Gomes, que deixou Casagrande e começou a trocar posição com Átila, em disputa pela segunda colocação.

A janela de paradas nos boxes foi aberta na 15ª volta, e logo Antonio Pizzonia e Marcos Gomes foram para a troca de pneus e reabastecimento. Átila Abreu e Gabriel Casagrande pararam no giro seguinte, e o piloto da Vogel superou o representante da Shell na sequência. Valdeno Brito e Cacá Bueno pararam na volta 18, enquanto Fraga foi aos boxes no giro seguinte.

Na 20ª volta, Fraga abandonou a disputa após tomar um toque de Vitor Genz e ser jogado contra o carro de Denis Navarro. O gaúcho da EisenBahn foi excluído da prova por conta do incidente. Rubens Barrichello, que herdou a liderança com as paradas dos concorrentes, fez sua troca de pneus na volta 21.

Após as paradas nos boxes, Gomes assumiu a liderança da prova, mas passou a ser pressionado por Ricardo Zonta, que vinha em prova discreta até então. Os dois começaram a trocar ultrapassagens, e o paranaense prevaleceu e assumiu a liderança da corrida. Barrichello, por sua vez, cresceu na prova e tomou a quarta posição de Casagrande.

Barrichello passou a pressionar Pizzonia nas voltas finais, e conseguiu a ultrapassagem no penúltimo giro. Na frente, Zonta seguiu para vencer pela segunda vez na temporada.

Foto: José Mário Dias