Extra-campo

Técnico do título Mundial, Abel Braga completa 65 anos

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Crédito da imagem: Nelson Perez / Fluminense F.C.

Abel comandou o Inter em 2006, ano da conquista do Mundial de Clubes. Foto: Koji Sasahara

O técnico mais vitorioso da história do Internacional está de aniversário hoje. Abel Braga, comandante do clube no inesquecível ano de 2006, quando os colorados conquistaram a primeira Libertadores e o Mundial de Clubes da FIFA vencendo o Barcelona, de Ronaldinho e Deco, completa hoje 65 anos.

Nascido no Rio de Janeiro, “Abelão”, como é conhecido o treinador, tem grande identificação com o Inter e é torcedor colorado publicamente conhecido. Não é raro vê-lo declarando que acompanha e torce pelo clube e até mesmo dando alfinetadas no maior rival do Inter, o Grêmio.

Apesar de ficar marcado na história do clube pelas conquistas da América e do Mundo em 2006, a ligação e as glórias de Abel pelo Inter não se resumem ao ano mais feliz dos 108 anos do colorado. Abelão era o treinador no chamado “Gre-Nal do século”, válido pelas semifinais do Campeonato Brasileiro de 1989, quando o Inter, mesmo com um jogador a menos, virou o jogo pra cima do Grêmio, no Beira-rio, vencendo por 2 a 1 e avançando às finais da competição – em que acabou derrotado pelo Bahia.

A última passagem de Abel Braga pelo Inter foi no ano de 2014. Na ocasião, o treinador conquistou o estadual, batendo o Grêmio na final com duas vitórias (2 a 1 na Arena e goleada por 4 a 1, no estádio Centenário, em Caxias, onde o Inter mandou os jogos durante a reforma do Beira-rio). Também encerrou o Brasileirão em terceiro, colocando o Inter na Libertadores de 2015. Foi o responsável por alçar ao grupo principal jogadores como o goleiro Alisson, ,hoje titular da Roma e da seleção brasileira.

2017: um ano difícil para Abel

A atual temporada, porém, é a mais dura para o vitorioso treinador. O filho mais novo de Abel, João Pedro, faleceu na manhã de 29 de julho, sábado, poucas horas antes do jogo do Fluminense contra a Ponte Preta, partida que foi adiada em função da tragédia envolvendo o filho do técnico dos cariocas. João Pedro tinha 19 anos e morreu ao cair pela janela do apartamento da família, uma cobertura no Leblon.

Abel vem recebendo homenagens por onde passa comandando o Flu, e diversos atos foram feitos no Beira-rio para consolar o treinador mais vitorioso da história do clube.