Tênis

Tenista argentino revela inspiração em Neymar para buscar virada na Copa Davis

Publicado às

Baiano, 22 anos, jornalista em formação pela Universidade Jorge Amado (UniJorge). Apaixonado por esportes em geral, de preferência basquete, tênis e futebol, este último com maior fervor. Contato: victorw10@outlook.com

Crédito: Foto: Divulgação

Na repescagem para tentar voltar à elite do tênis mundial, a Argentina está em desvantagem no confronto de repescagem contra o Cazaquistão, pela Copa Davis. Mas, se depender da vontade do tenista Guido Pella, os argentinos não vão desistir da virada.

Com 2×1 em desvantagem no confronto melhor de cinco jogos contra a seleção do Cazaquistão, Guido Pella – um dos integrandes da seleção argentina – revelou inspiração em uma frase de Neymar para conquistar a virada na repescagem.

“Como Neymar disse, enquanto houver uma chance de 1%, eu vou ter 99% de fé”, escreveu o tenista argentino, em sua conta pessoal no Twitter.

Na primeira partida da série, o próprio Guido Pella foi derrotado por 3 sets a 1 pelo cazaque Mikhail Kukushkin. No segundo jogo, Diego Schwartzman venceu Dmitry Popko em sets diretos (3×0) e empatou. Já na terceira rodada, a dupla argentina formada por Gonzalez e Molteni perdeu por 3 sets a 1 para Khabibulin e Nedovyesov.

Com a atual situação do confronto, a Argentina vai precisar ganhar os dois jogos restantes para bater o Cazaquistão e voltar à primeira divisão da Copa Davis.

Os próximos jogos são os seguintes:

4ª rodada – Diego Schwartzman (ARG) x Mikhail Kukushkin (CAZ)
5ª rodada – Guido Pella (ARG) x Dmitry Popko (ARG)