Verstappen supera Vettel no fim e lidera TL3 em Singapura

Publicado às

Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: Foto: Getty Images

Max Verstappen foi o piloto mais rápido do terceiro treino livre para a disputa do Grande Prêmio de Singapura, 14ª etapa da temporada 2017 da Fórmula 1. Nos instantes finais da atividade realizada no circuito de Marina Bay, o holandês tornou a mostrar que a Red Bull segue forte no final de semana, e marcou 1min41s829 em sua melhor volta.

A segunda colocação ficou com Sebastian Vettel, que liderou boa parte da sessão, mas acabou superado por Verstappen em 0s072. Lewis Hamilton se colocou na terceira posição com a Mercedes, seguido pela dupla da McLaren, que teve Fernando Alonso à frente de Stoffel Vandoorne, fechando o top-5 da atividade.

Melhor piloto da sexta-feira, Daniel Ricciardo terminou em sexto com a Red Bull, após acertar o muro. Nico Hülkenberg levou a Renault ao sétimo posto, enquanto Valtteri Bottas apareceu em oitavo com a Mercedes. O grupo dos dez melhores ainda contou com Kimi Räikkönen, da Ferrari, e Sergio Pérez, da Force India. Felipe Massa foi apenas o 15º com a Williams.

A sessão ainda contou com uma bandeira vermelha provocada por Marcus Ericsson. O piloto da Sauber perdeu o controle de seu carro quando restavam 27 minutos para o final da sessão e acertou o muro. A direção de prova acionou a bandeira vermelha para que os detritos que ficaram na pista pudessem ser retirados.

A partir das 10h, pelo horário de Brasília, acontece a definição do grid de largada para o Grande Prêmio de Singapura. A corrida está marcada para este domingo (17), às 9h.

Confira como foi o treino

A atividade foi iniciada às 7h, mas os pilotos partiram apenas para voltas de instalação. Mais do que isso, nomes como Kevin Magnussen e Fernando Alonso nem no carro entraram. Muito disso por conta de a atividade acontecer no final do dia em Singapura, em condições diferentes das que serão encontradas na classificação e na corrida.

O primeiro a registrar volta rápida foi Valtteri Bottas, com 1min45s222. O piloto da Mercedes, porém, reclamou da falta de aderência. Depois, os pilotos da Ferrari pularam para as primeiras posições, primeiro com Kimi Räikkönen, depois com Sebastian Vettel, que registrou 1min43s237 em sua primeira volta rápida.

Lewis Hamilton partiu para sua primeira volta rápida no dia e marcou o segundo tempo, praticamente 1s atrás de Vettel. Na sequência, Räikkönen retomou a segunda colocação da atividade, mas ainda bastante longe do tempo de seu companheiro de Ferrari. Ao final dos primeiros 20 minutos, apenas nove pilotos marcaram tempo.

Os pilotos da Force India subiram na classificação, com Sergio Pérez na segunda colocação, seguido por Esteban Ocon. Depois, os pilotos da Red Bull partiram à pista pela primeira vez. Daniel Ricciardo marcou o segundo tempo, enquanto Max Verstappen tomou a primeira posição com 1min42s249, usando os ultramacios.

Ricciardo melhorou seu tempo, mas seguiu na segunda colocação na metade da atividade. Quando restavam 27 minutos para o final da sessão, Marcus Ericsson perdeu o controle de sua Sauber e bateu contra o muro, danificando a asa traseira. A direção de prova acionou a bandeira vermelha para limpar os detritos da pista.

A atividade foi retomada quando restavam 19 minutos para o final, com Stoffel Vandoorne e Fernando Alonso – sem tempo registrado ainda – indo à pista imediatamente. Os pilotos de Mercedes e Ferrari tomaram a mesma atitude que a dupla da McLaren. Quatro minutos mais tarde, Vettel marcou 1min41s901 e tomou a ponta do treinamento.

Alonso finalmente deu sua primeira volta rápida quando restavam 13 minutos, e subiu para quarto lugar com a McLaren. Em suas últimas corridas pela Renault, Jolyon Palmer avançou para a décima colocação. Ricciardo acertou o muro, e voltou aos boxes lentamente. Verstappen assumiu a ponta do treino com 1min41s829, mas reclamou que o carro trocava de marcha sozinho.

Fernando Alonso fez outra ótima volta, e subiu para o terceiro lugar, sendo superado na sequência por Lewis Hamilton. O treino chegou ao final com Verstappen na primeira colocação.

Foto: Getty Images