Extra-campo

Visitantes fazem história nos pontos corridos do Brasileirão 2017

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Brasileirão

Crédito: Reprodução: Site CBF / Créditos: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C

Completadas 22 rodadas do Brasileirão deste ano, um fato chama muita atenção dos amantes futebolísticos. Desde que foi adotado o sistema de pontos corridos, em 2003, nunca houve tantas vitórias de visitantes na Série A da competição.

Segundo levantamento feito pelo FutDados, dos 220 jogos realizados até agora, em 68 oportunidades os mandantes tiveram uma visita indigesta, o que resulta no percentual de 31% de vitórias dos times que jogaram fora de seus domínios até o momento, marca jamais registrada na era dos pontos corridos.

Com esse aproveitamento adquirido, se tivermos a média de duas a três vitórias de visitantes nas 16 rodadas restantes, já será suficiente para estabelecer o recorde com a totalidade de rodadas, 28% de triunfos dos visitantes. Pois, até o ano passado, a edição dos pontos corridos que teve esse maior percentual foi a de 2005, com 27%.

Você deve se perguntar os motivos que ajudam a explicar essa marca expressiva na edição deste ano. Um deles, pode ser a forma como a maioria das equipes vem se comportando quando atuam em casa e fora de casa. Independente da qualidade técnica que tenha à disposição, a grande maioria das equipes brasileiras se apresentam de maneira propositiva quando se joga dentro de casa, se sentindo na obrigação de sair mais para o jogo, de ter mais posse de bola. Já quando se joga fora de casa, em grande número, é justamente o inverso, o visitante joga no erro do mandante, no contra-ataque, explorando os espaços que tiver, logo, isso pode estar favorecendo o alto percentual de vitória de visitantes.

Resta saber se daqui para frente isso continuará ou se os mandantes voltarão a ter sucesso jogando em seus domínios.

LEIA MAIS:
SANTOS REALIZA MELHOR PRIMEIRO TURNO DOS PONTOS CORRIDOS; COMPARE
SÃO PAULO NÃO FAZ A PIOR CAMPANHA DO TIME NOS PONTOS CORRIDOS, E TRICOLOR IGUALA 2009
ANÁLISE: CORINTHIANS FORTE NO MATA-MATA. ESTÁ PRONTO PARA BRILHAR EM PONTOS CORRIDOS?