Extra-campo

10 imagens esportivas que só quem é fã do Site dos Menes vai achar graça

Publicado às

Jornalista, assessora de imprensa e pós-graduanda em Jornalismo Esportivo e Multimídias. Amante dos esportes desde sempre e apaixonada por futebol inglês.

Site dos Menes

Crédito: Mene Djavan do gol qualificado. Foto: Reprodução/Site dos Menes

Fenômeno absoluto na internet, o Site dos Menes está muito perto de atingir a marca de um milhão de seguidores no Facebook. A fanpage, criada em 2012 a partir de um tuíte despretensioso sobre os famosos memes, não demorou para ganhar notoriedade – com 100 mil inscritos no mesmo ano, foi eleita pela revista Superinteressante como a segunda melhor página da rede social, atrás apenas da “Dilma Bolada”.

“Naquela época, a moda eram aqueles blogs só com memes de carinhas, como o Fuuuuu e o Trollface, e tínhamos como ideia inicial fazer algo que fosse totalmente diferente daquilo. Então pensamos: e se houvesse um site de memes que não são memes?“, contou Thiago Schwartz, analisa de sistemas e um dos idealizadores da comunidade, em entrevista ao Torcedores.com.

Apesar de o Site dos Menes abordar diversos temas, sempre com a mescla entre crítica e humor, o engajamento dos internautas em relação ao conteúdo esportivo pode ser destacado: somados, os 10 menes escolhidos pelo Torcedores totalizam mais de 180 mil curtidas. Confira!

Leia abaixo a íntegra da entrevista com Thiago Schwartz:

1- Como e quando surgiu a ideia de criar o Site dos Menes? Vocês foram os responsáveis pelo surgimento desse termo?

A ideia surgiu depois que um dos membros da página fez um tweet bem despretensioso, algo como “e se houvesse um site de memes que não são memes?”. Na época, 2012, a moda eram aqueles blogs só com memes de carinhas, como o Fuuuuu e o Trollface, e tínhamos como ideia inicial fazer algo que fosse totalmente diferente daquilo.

Nós pegamos esse termo de um personagem chamado Bazimguinho, que também fazia críticas contra esse tipo de humor.

2- Esperavam que a página fosse crescer tanto? Qual a demanda dos internautas que enviam sugestões de menes no grupo e por inbox?

Não, não esperávamos. Há dois pontos de crescimento importantes na página: o início, quando tivemos uma boa aceitação e passamos dos 100 mil likes, crescendo lentamente até 2017, quando tínhamos 250 mil; e o surgimento do grupo no Facebook, quando a página passou de 250 para quase um milhão de curtidas, impulsionadas pelo engajamento das pessoas do grupo.

A demanda de quem envia sugestões varia muito de acordo com o tempo, não há um padrão que a gente possa identificar no que as pessoas querem.

3- Quantas pessoas cuidam da fanpage?

Atualmente, somos em torno de 10 administradores e 25 moderadores.

4- Os menes são uma forma de criticar abusando do bom humor. No esporte, os torcedores nem sempre conseguem levar as coisas na brincadeira. Já receberam algum tipo de xingamento por uma piada que postaram com determinado time ou algo parecido?

Na medida do possível, a gente tenta se manter longe de humor com política, futebol e outros assuntos que geram polarização. Uma por achar que já há páginas suficientes voltadas a esse tipo de humor e também pra evitar esse tipo de desgaste desnecessário. Justamente por isso nunca tivemos xingamentos ou algum outro ponto negativo que seja digno de nota.

5- Na direção oposta da questão anterior, muitas pessoas também levam tudo na zoeira. Os torcedores brasileiros só não dominaram o mundo ainda porque não querem?

Os torcedores brasileiros têm uma capacidade impressionante de organização que, se for usada do jeito certo, pode fazer coisas muito melhores do que dominar o mundo. Dominar o mundo é fácil, um monte de gente já fez!

6- Vocês fizeram pesquisa de mercado antes de criar a fanpage?

Não, a única coisa que a gente pensou foi em tentar fazer um tipo de humor diferente do que tava se tornando um lugar-comum na internet. A gente só queria não fazer memes.

7- Você tem um “mene” esportivo favorito?

Eu gosto bastante do “Mene do Djavan do gol qualificado”.