Futebol

3 lições que o Fluminense tirou do jogo contra a Chapecoense

Publicado às

Estudante de jornalismo. 20 anos | Rio de Janeiro O esporte, principalmente, o futebol me inspiram a cada dia. Temos cada história! É isso que me faz escrever.

Crédito: Crédito: FOTO NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C.

O Fluminense segue sem vencer a Chapecoense pelo Campeonato Brasileiro. O time de Santa Catarina aplicou 2 a 0, e se afastou da zona do rebaixamento e o time carioca poderia se aproximar do G-7.

Pensando no jogo contra o Flamengo no meio de semana, Abel Braga poupou Henrique Dourado, Sornoza e Douglas, que fizeram falta no esquema de jogo do tricolor. Além disso, o técnico colocou três volantes na equipe, o que tirou o poder de ataque da equipe e Pedro, que substituiu o artilheiro Henrique Dourado, não teve chances de marcar o seu gol.

Sem Sornoza, Gustavo Scarpa fica sem um companheiro de equipe para armar as jogadas e a transição do meio para ataque fica em cima dele, por mais que Wendel chegue mais no ataque, porém com pouca eficiência. Em relação a zaga, os zagueiros tiveram um desempenho médio, mas com muitas dificuldades.

A próxima partida do Campeonato Brasileiro, o Fluminense enfrenta o Bahia no Maracanã. Mas antes disso, encara o Flamengo pela Sul-Americana, jogo válido pelas quartas de final da competição.

 

Siga: Carlos Antônio Mello