Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Alemanha é favorita ao Penta da Copa do Mundo

A rodada de outubro das Eliminatórias da Copa do Mundo classificou quinze países para a fase final, definiu a Repescagem e acabou com o sonho de tantos outros de se classificarem. Os cinco mais cotados ao título mundial são os tradicionais Alemanha, França, Brasil e Espanha, além da subida repentina da Argentina. Confira abaixo as possibilidades de investimento a longo prazo (outrights), segundo o Oddsshark.com.

Odds Shark
Parceiro do Torcedores.com.

Crédito: Crédito: Federação Alemã de Futebol.

 

Rumo ao Penta

A campanha da Alemanha foi espetacular! Ela somou todos os 30 pontos possíveis contra Azerbaijão, Irlanda do Norte, Noruega, República Checa e São Marinho. Tudo bem que seu grupo não era dos mais fortes, mas mesmo assim, a Mannschaft anotou 43 gols e sofreu apenas quatro em dez apresentações. Craques como Mats Hummels, Jérôme Boateng, Julian Draxler, Manuel Neuer e Thomas Müller fazem dos germânicos uma equipe fortíssima. Não se esqueçam que com jovens e reservas, Joachim Löw conquistou a Copa das Confederações. Seu título paga R$ 6,00 / um, segundo as casas de apostas esportivas.

 

França credenciada por eliminar a Holanda

A França está tão bem avaliada quanto seu vizinho saxônico. A Bleue, Blanche et Rouge chega credenciada por ter terminado em primeiro lugar no grupo da morte, o mais difícil de todos os zonais das Eliminatórias. A Suécia acabou na Repescagem, enquanto Holanda e Bulgária foram desclassificadas. A classificação tricolor poderia ter sido mais fácil se não tivesse tropeçado em casa diante do medíocre Luxemburgo. Foram dois pontos jogados no lixo. Os atletas que jogam na liga doméstica comemoraram a chegada de Neymar, fazendo de seu campeonato um certame mais competitivo para chegarem em ritmo acelerado em Moscou.

 

Brasil apontado como terceira força

O Brasil começou titubeando. Precisou de uma troca de treinador para reagir. Mesmo assim, os números finais dão conta da superioridade Verde e Amarela frente a seus rivais. Foram 12 vitórias em 18 duelos, apenas uma derrota, a classificação veio com quatro rodadas de antecipação e foi o único escrete classificado antes da rodada derradeira. Talentos individuais os brasileiros esbanjam: Daniel Alves (Paris Saint-Germain), Neymar (Paris Saint-Germain), Renato Augusto (Beijing Guo’An), Philippe Coutinho (Liverpool), Paulinho (Barcelona), Willian (Chelsea) e Gabriel Jesus (Manchester City) para citar apenas alguns. O hexa brazuca recompensa o investidor em R$ 7,00 / um, segundo o Oddsshark.com.

 

Para apagar 2014

Campeã mundial de 2010, a Espanha não passou da fase de grupos quatro anos depois. Para tentar apagar aquele fraco desempenho, a Fúria promete brigar pela taça de 2018. Sua força foi mostrada durante as dez exibições do grupo G europeu. Ganhou duas vezes de Albânia, Israel, Liechtenstein e Macedônia. Contra a tetracampeã Itália, os ibéricos não jogaram de igual para igual. Foram muito superiores. Em Turim, o 1 a 1 foi benéfico à Azzurra que conseguiu um pênalti bastante polêmico. Em Madri, os espanhóis aplicaram 3 a 0. Paga-se R$ 8,00 / um se Sérgio Ramos receber o troféu das mãos do presidente da FIFA no ano que vem.

 

Argentina subiu na bolsa

Depois de flertar com a eliminação, Messi desencantou e decidiu a parada para os argentinos contra o Equador, em Quito. O 3 a 1 colocou nossos hermanos num honroso terceiro lugar do turno e returno das Eliminatórias da CONMEBOL. Nas 18 batalhas realizadas, Dybala e companhia conseguiram sete triunfos, sete empates e quatro revezes. A classificação da Terra do Doce de Leite não apaga todos os problemas que a selección viveu desde o vice-campeonato de 2014. É preciso aprimorar a performance nos amistosos que restam até a Rússia. Mesmo assim, o show de Messi, reascendeu a esperança de dias melhores e fez com que a probabilidade de medalha de ouro em Moscou subisse para R$ 9,00 / um.

 

Expectativa para Itália e Suécia

Entre os principais times que ainda tentam se classificar, a maior expectativa se dá na Europa. A tetracampeã Itália e a vice-campeã mundial de 1958 Suécia aguardam o sorteio do dia 17 para conhecerem seus oponentes. Os quatro cabeças-de-chave serão definidos através do ranking da FIFA, que será publicado na véspera. Neste momento, eles seriam Suíça, Itália, Croácia e Irlanda do Norte e teriam que cruzar contra Suécia, Dinamarca, Irlanda ou Grécia. A classificação italiana paga R$ 1,30 / um, contra R$ 2,20 / um dos suecos e a maior zebra será a norte-irlandesa, que vale R$ 2,75 / um.

Os embates da Repescagem foram conhecidos. A Austrália decide sua sorte em domicílio contra Honduras, que agendou a primeira contenda para San Pedro Sula. Já Nova Zelândia e Peru acontece primeiro em Wellington e depois em Lima.

Na África, a Tunísia deve confirmar sua vaga na chave A. Na C, Costa do Marfim e Marrocos fazem um confronto direto em Abidjan e os Elefantes precisam ganhar. O quadrangular D está embolado. No momento, o Senegal tem boa vantagem sobre África do Sul, Burquina Faso e Cabo Verde. Aliás, caso os burquinenses festejem a conquista do planeta bola, quem tiver acreditado nisso fica milionário, pois paga-se R$ 5.000 / um.

 

Veja outros odds no Torcedores.

 

Outrights para se classificar:

1º Itália – R$ 1,30 / um.

2º Croácia – R$ 1,50 / um.

3º Dinamarca – R$ 1,57 / um.

3º Suíça – R$ 1,57 / um.

5º Austrália – R$ 1,83 / um.

6º Suécia – R$ 2,20 / um.

7º Grécia – R$ 2,62 / um.

7º Irlanda – R$ 2,62 / um.

9º Irlanda do Norte – R$ 2,75 / um.

 

Outrights pelo título:

1º Alemanha – R$ 6,00 / um.

1º França – R$ 6,00 / um.

3º Brasil – R$ 7,00 / um.

4º Espanha – R$ 8,00 / um.

5º Argentina – R$ 9,00 / um.

6º Bélgica – R$ 11,00 / um.

7º Inglaterra – R$ 21,00 / um.

7º Itália – R$ 21,00 / um.

7º Portugal – R$ 21,00 / um.

10º Colômbia – R$ 34,00 / um.

10º Uruguai – R$ 34,00 / um.

12º Croácia – R$ 41,00 / um.

12º Rússia – R$ 41,00 / um.

14º México – R$ 67,00 / um.

14º Polônia – R$ 67,00 / um.

16º Suíça – R$ 81,00 / um.

17º Dinamarca – R$ 101 / um.

17º Sérvia – R$ 101 / um.

19º Egito – R$ 151 / um.

19º Islândia – R$ 151 / um.

19º Japão – R$ 151 / um.

19º Nigéria – R$ 151 / um.

19º Suécia – R$ 151 / um.

24º Coreia do Sul – R$ 201 / um.

25º Costa do Marfim – R$ 251 / um.

25º Costa Rica – R$ 251 / um.

25º Irã – R$ 251 / um.

25º Peru – R$ 251 / um.

25º Senegal – R$ 251 / um.

30º Irlanda – R$ 301 / um.

31º Grécia – R$ 501 / um.

31º Irlanda do Norte – R$ 501 / um.

31º Tunísia – R$ 501 / um.

31º Austrália – R$ 501 / um.

31º Marrocos – R$ 501 / um.

36º Arábia Saudita – R$ 1.001 / um.

36º Honduras – R$ 1.001 / um.

36º Nova Zelândia – R$ 1.001 / um.

36º Panamá – R$ 1.001 / um.

40º África do Sul – R$ 2.501 / um.

40º Burquina Faso – R$ 5.000 / um.