Astro da NFL perde primeiro patrocínio após comentário machista em coletiva

Custou caro o comentário machista de Cam Newton direcionado a uma repórter durante entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira (4). O quarterback do Carolina Panthers perdeu o patrocínio da marca de iogurte Dannon e não vai mais aparecer nos comerciais da empresa.

Patrick Mesquita
Colaborador do Torcedores

Crédito: Crédito: Ezra Shaw/Getty Images)

A Dannon, de acordo com o site Charlotte Observer, decidiu cancelar o contrato após o jogador falar que era engraçado ver uma mulher falar sobre as rotas escolhidas para os passes durante as partidas. A expressão foi dirigida à repórter Jourdan Rodrigue.

“É totalmente incompatível com nosso compromisso de promover a igualdade e a inclusão em todos os locais de trabalho. Simplesmente não é bom desprezar qualquer pessoa baseada no gênero. Nós compartilhamos nossas preocupações com Cam e não vamos mais trabalhar com ele”, afirmou a marca em comunicado oficial.

Mais de 24 horas após o ocorrido, Newton ainda não se desculpou pelo caso.

O quarterback tem sido duramente criticado desde a coletiva de quarta-feira. Até mesmo a NFL condenou a atitude do jogador. Os demais patrocinadores de Newton, Under Armour e Gatorade, ainda não se pronunciaram.

Pouco após o caso, Jourdan Rodrigue se pronunciou e disse que Newton foi ainda mais grosseiro em uma conversa depois da coletiva.

“Conversei com ele logo depois e foi ainda pior. Só não vou dizer aqui porque tenho um emprego que não vai me manter se eu falar”, disparou.

A AWSM (Associação das Mulheres na Mídia Esportiva) repudiou a postura do jogador e “cobrou um tratamento justo e ambiente favorável para a atuação das mulheres na mídia esportiva”.

Leia mais
ÍDOLO DA NFL USA EXPRESSÃO MACHISTA EM COLETIVA E REVOLTA REPÓTER