Futebol

Barcelona-EQU x Grêmio: qual o momento dos times na temporada?

Publicado às

Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)

Crédito: Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Barcelona-EQU x Grêmio iniciam na noite desta quarta-feira, às 21h45 (horário de Brasília), no Estádio Monumental Isidro Romero Carbo, em Guayaquil, a busca por uma vaga na decisão da Copa Libertadores. O time equatoriano luta pela sua terceira final na competição, ao passo que o Tricolor Gaúcho tenta pela quarta vez.

Equatorianos e brasileiros chegaram por méritos até aqui. O Barcelona iniciou a Libertadores, sendo o vice-líder do grupo 1, atrás do Botafogo. Na fase mata-mata conseguiu eliminar os favoritos Palmeiras e Santos.

Os Colossais não atravessam bom momento na temporada. Não vencem há cinco jogos. O último triunfo ocorreu no dia 20 de setembro, contra o Santos, na Vila Belmiro. Desde então, foram quatro empates e uma derrota, todos pelo campeonato local, onde a equipe treinada por Guillermo Almada é apenas a nona colocada, com 13 pontos ganhos.

Suspenso, o atacante lvez, artilheiro do Barcelona na temporada, com 17 gols, é baixa confirmada para o primeiro jogo. O argentino Ariel Nahuelpan, que teve passagem ruim pelo Internacional, é o substituto. Quem também está fora é o zagueiro brasileiro Gabriel Marques, expulso contra o Peixe. Oswaldo Minda deve ficar com a vaga.

O Grêmio fechou o grupo 8 na liderança, com 13 pontos ganhos. No mata-mata eliminou o Godoy Cruz-ARG e o Botafogo.

Desde a vitória sobre o time carioca há pouco mais de um mês, o Tricolor disputou seis compromissos pelo Brasileirão e não foi bem, obtendo apenas duas vitórias, um empate e três derrotas.

Com os resultados, a equipe ficou mais longe do título brasileiro, tendo nove pontos de desvantagem em relação ao líder Corinthians. Em parte deste período, o técnico Renato Gaúcho não pôde contar com o volante Michel, que passou por artroscopia no joelho, e do atacante Luan, por conta de lesão muscular. A dupla se recuperou e deve ser titular em Guayaquil.

O futebol praticado nas últimas semanas ficou longe daquelas exibições que encantaram os torcedores e a imprensa entre julho e agosto. Contudo, contra o Corinthians, há uma semana, quando teve praticamente força máxima, o Grêmio voltou a ter lampejos de bom futebol e só não saiu com a vitória por alguns detalhes.

Em entrevista coletiva, o técnico Renato Portaluppi mostrou preocupação com o rival e garantiu que o seu time não vai se limitar a defender em Guayaquil.

“O Barcelona-EQU é um time perigoso e veloz. Pude assistir aos jogos deles contra Palmeiras, Santos e Botafogo. Um time sempre tem qualidades e algumas deficiências. Ninguém tem uma equipe perfeita. Sabemos dos pontos fortes e vamos procurar explorar os pontos fracos. É um time perigoso, com uma torcida fanática, e que fez belos jogos para eliminar Santos e Palmeiras, potencias do futebol brasileiro. Chegaram na semifinal como o Grêmio. Tem todos os méritos. É uma decisão de 180 minutos. Não vamos deixar de jogar, mesmo respeitando o adversário”, explicou.

VEJA MAIS:

Confira a provável escalação do Barcelona-EQU para enfrentar o Grêmio 

Com ‘time ideal’, veja a provável escalação gremista