Futebol

Cássio vê pênalti não marcado em Jô e critica árbitro: “Perdemos um ponto”

Publicado às

Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.

Corinthians

Crédito: Crédito da Foto: Reprodução/SporTV

A revolta tomou conta dos jogadores do Corinthians após o revés por 2 a 1 para o Botafogo, no Engenhão, pela 30ª rodada do Brasileirão. O lance de Jô com Igor Rabello, apontado por Arnaldo Cezar Coelho como pênalti, deixou o goleiro Cássio chateado com o ponto que poderia fazer a diferença para o Timão.

Ficamos um pouco frustrados. Foi pênalti, e isso também fica na conta do auxiliar, foi na frente dele, ele poderia ter ajudado o árbitro. Ele errou e perdemos um ponto. Ficamos chateados, infelizmente não conseguimos vencer, e agora temos de tentar acertar“, disse o goleiro no programa Bem, Amigos, e afirmou que o Corinthians segue focado no título.

Vamos trabalhar internamente, como fizemos desde o início do ano. Acabamos perdendo o jogo, mas a confiança lá dentro é grande para continuar nessa luta pelo título. Na minha opinião estamos perdendo por conta de alguns detalhes, erros que antes não cometíamos. Vamos tentar retomar o “erro zero”, e precisamos de todo mundo nessa hora“, finalizou.

Com a derrota, o Corinthians segue líder do Brasileirão, com 59 pontos, mas vê a diferença para os vices Palmeiras e Santos cair para seis pontos. O time a campo contra a Ponte Preta, no próximo domingo (29), às  17h (de Brasília), pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 23 de outubro de 2017 (Segunda-feira)
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Assistentes: Jose Reinaldo Nascimento Junior (DF) e Daniel Henrique da Silva Andrade (DF)
Público: 7.566 pagantes
Cartões amarelos: Pimpão, Marcos Vinícius, Rodrigo Lindoso (Botafogo); Gabriel e Jô (Corinthians)
Gols:
BOTAFOGO: Brenner, aos sete. e Igor Rabello, aos 31 minutos do segundo tempo
CORINTHIANS: Jô, aos 15 minutos do segundo tempo.

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello e Víctor Luís; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, João Paulo e Marcos Vinícius (Valencia); Rodrigo Pimpão (Guilherme) e Brenner (Gilson)

Técnico: Jair Ventura

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Fabián Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Gabriel (Clayson), Maycon, Jadson (Romero), Rodriguinho e Marquinhos Gabriel (Kazim); Jô
Técnico: Fábio Carille

LEIA MAIS
ARNALDO VÊ PÊNALTI DE IGOR RABELLO EM JÔ: “FALTOU CORAGEM AO ÁRBITRO PARA MARCAR”
CARILLE FALA SOBRE BRIGA PELO TÍTULO COM O PALMEIRAS: “TRÊS VITÓRIAS E AS COISAS MUDAM”
CORINTHIANS PERDE PARA O BOTAFOGO E VIRA PIADA NA WEB; VEJA OS MELHORES MEMES