CBF divulga borderô da final da Copa do Brasil; saiba quanto o Cruzeiro lucrou

O Cruzeiro conquistou o quinto título da Copa do Brasil após bater o Flamengo na disputa de pênaltis, em um duelo que foi marcado pela grande festa dos torcedores celestes no Mineirão. Nesta terça-feira, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou o borderô da partida, que teve uma receita bruta de R$ 7.881.058 milhões, a maior arrecadação da Raposa em toda a sua história.

Ramon Lopes
Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.

Crédito: Crédito da foto: Lucas Figueiredo/CBF

Descontando as despesas para a realização do embate no Gigante da Pampulha, o Cruzeiro embolsou R$ 4.567.298, 35, enquanto a Minas Arena, gestora do estádio, ficou com R$ 2,108.364,45 milhões.

Ainda segundo o documento divulgado pela entidade máxima do futebol brasileiro, as despesas para a operação do evento chegaram a R$1.205.395,20 milhão, sendo que a Federação Mineira de Futebol (FMF) ficou com o montante de R$ 272.870,40 mil do Cruzeiro e R$ 121.182,50 da Minas Arena. Ao todo, a Federação Mineira arrecadou quase R$ 400 mil.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Em relação aos gastos com arbitragem, funcionários da CBF, delegados e assessores, o documento aponta que o valor chega a R$ 27.152,79, somados a R$ 18.450.00 referentes as diárias e transportes dessas pessoas.

Arrecadação total:

Receita bruta da partida – R$ 7.881.058,00
Receita líquida do Cruzeiro – R$ 4.567.298,35
Receita líquida da Minas Arena – R$ 2.108.364,45

Reprodução/CBF

 

LEIA MAIS:

SÓBIS ANALISA CHANCE DE TÍTULO NO BRASILEIRÃO E FALA EM APROVEITAR BOM MOMENTO