Futebol

Chapecoense respira na Série A após triunfos contra Atlético-MG e Fluminense

Publicado às

Baiano, 22 anos, jornalista em formação pela Universidade Jorge Amado (UniJorge). Apaixonado por esportes em geral, de preferência basquete, tênis e futebol, este último com maior fervor. Contato: victorw10@outlook.com

Crédito: Foto: Divulgação/Chapecoense

A Chapecoense somou seis pontos nas últimas duas rodadas e deu um salto no Campeonato Brasileiro, se firmando na zona de acesso para a Sul-americana.

Nos dois jogos anteriores, o Verdão do Oeste venceu o Atlético Mineiro – por 3 a 2 fora de casa – e o Fluminense – por 2 a 0 em Chapecó.

Apesar de dois triunfos contra equipes consideradas como “grandes”, o diretor executivo alviverde, Rui Costa, destacou a importância de manter cautela contra empolgação.

“Ganhamos três pontos importantes, é a segunda vitória. Em um campeonato equilibrado, é fundamental, mas não cumprimos nossa meta ainda, portanto guarda levantada, atenção total e vamos brigar até o fim para dar uma alegria plena ao nosso torcedor”, disse o dirigente.

Rui Costa também afirma que o clube sempre esteve confiante, apesar do mau momento do time em alguns rodadas do Brasileirão. O diretor também destacou a chegada de Gilson Kleina para o prosseguimento do ano.

“Mesmo no momento mais crítico, sempre mantivemos a serenidade, o equilíbrio e a confiança sempre. Essa confiança sempre existiu mesmo no momento em que a desconfiança era geral. Aqui dentro nunca desconfiamos uns dos outros. Confiamos muito nos atletas, no trabalho que está posto aqui agora. O Kleina chegou e trouxe não apenas o conhecimento técnico, mas sua liderança”, acrescentou.

A Chapecoense tem 38 pontos e ocupa o 11º lugar na classificação do Brasileirão.