Extra-campo

Confira as Federações mais velhas do futebol brasileiro

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução: Facebook oficial Federação Paulista de Futebol - FPF

Apesar de ter nascido na Inglaterra, o futebol é uma paixão absurda no Brasil, claro, que na Europa, assim como na América do Sul, e em quase todos  continentes, o futebol é o principal esporte. 

No mundo inteiro, acharemos praticantes dessa arte, que foi considerada a mais popular do planeta. Mas quem foi os pioneiros aqui no nosso país?

FPF (Federação Paulista de Futebol): Os principais campeões são: Corinthians (27), Santos e Palmeiras (22) cada um e São Paulo (20). Na sequência temos a Portuguesa três vezes, Ituano em duas oportunidades, São Caetano, Bragantino e Inter de Limeira, uma vez cada. Existe uma lista de vários times extintos, que já venceram, destaque para o Paulistano, que levantou o troféu por 11 vezes. O primeiro campeonato ocorreu em 1902, organizado pelas equipes do Germânia, Internacional, Paulistano, Mackenzie, SPAC, foram várias ligas que surgiram, até que em 1941, tivemos o surgimento da FPF, que contou com: Comercial de Ribeirão Preto, Corinthians, Jabaquara, Santos e Portuguesa (os três clubes de Santos), Juventus, Nacional, Palmeiras, Portuguesa, São Paulo e Ipiranga. Em 1947 foi criado o grupo de acesso.

A Federação é localizada na Barra Funda, tem um esquilo como mascote, possuindo um museu, sendo também a realizadora da Copa São Paulo de Futebol Jr.

O Futebol paulista se orgulha, em ter quatro times entre as treze maiores torcidas do Brasil, possui o maior número de títulos brasileiros, além de ser o estado que mais venceu Libertadores e Mundiais de Clubes, aqui no nosso país.

FBH (Federação Baiana de Futebol): A primeira disputa ocorreu em 1905, mas a Federação nasceu em 1913, o time do Bahia é o maior detentor de título, são 46, contra 26 do Vitória, na sequência temos o Ypiranga com dez, das equipes mais conhecidas que já levantaram a taça, temos o Galícia com cinco, Fluminense de Feira de Santana com dois, o Leônico com um.

Os times que fundaram a Federação foram: Salvador, Vitória, Clube Bahia de Tênis e Internacional. O Ypiranga ganhou nove dos seus títulos na década de 1940, mas nos anos de 1970, a dupla BA-VI, dominou o cenário, sendo que o tricolor tem uma sequência notável, foi heptacampeão entre 1973 – 1979, claro, que as surpresas já aconteceram, o Palmeiras de Feira de Santana foi campeão em 2002, e o Colo Colo de Ilhéus venceu em 2006.

O futebol baiano tem dois títulos nacionais, o Bahia venceu em 1959 e 1988, já o Vitória teve que se contentar com um vice-brasileiro em 1993 e um vice da Copa do Brasil em 2010.

FERJ (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro): O primeiro campeonato foi em 1906, o estado possui apenas oito campeões, são eles: Flamengo (34), Fluminense (31), Vasco (24), Botafogo (20), América (7), Bangu (2), São Cristóvão e Paysandu ambos com um.

Os primeiros a disputar foram: Fluminense, Bangu, Botafogo, Paysandu, Rio Cricket e Atlético. Em 1907, Botafogo e Fluminense terminaram empatados, apenas em 1996 foi decidido que os dois eram os campeões. Nos anos de 1933 a 1936 houve dois campeões por ano, o destaque ficou em 1950, com a construção do Maracanã, que deu outra ênfase para o estado, além de 1979, que novamente inventaram dois estaduais no mesmo ano, e o Flamengo venceu os dois.

Alguns se confundem quando assunto é Campeonato Carioca, pois, até 1960, a cidade do Rio de Janeiro era a capital do Brasil, o estado do Rio de Janeiro, tinha como capital a cidade de Niterói, em 1976 resolveram juntar os dois, mas até 1978 tínhamos o campeonato da Guanabara e o Fluminense, antes da junção, o Goytacaz com seis títulos foi o maior campeão Fluminense. O estado da Guanabara existiu de 1960 a 1975, onde hoje é a cidade do Rio de Janeiro.

O futebol do Rio de Janeiro, assim como o paulista, tem quatro times que estão entre as maiores torcidas do país, são os segundo com maior número de campeonatos brasileiros, mas em termos de Libertadores, ficam em terceiro, perdendo a segunda posição para os gaúchos.

FPF (Federação Paraense de Futebol): O primeiro campeonato aconteceu em 1906, mas a Federação foi fundada em 1969, Paysandu tem 45 títulos, seguido do Remo com 44, o Tuna Luso vem em terceiro com dez e o União Esportiva com dois. O Estado possui apenas seis campeões, em 2011 pela primeira vez um time do interior foi campeão, O Independente de Tucuruí, no ano seguinte, mais uma equipe que não é da capital, o Cametá, da cidade de mesmo nome. O grande rei do futebol paraense foi Quarentinha, que venceu doze títulos para o Paysandu, ele que começou nas categorias de base do Remo, depois vestiu a camisa do Paysandu por 18 anos.

O Paysandu foi duas vezes campeão da série B do Campeonato Brasileiro, além de ter vencido uma Copa dos Campeões (torneio que era disputado pelos campeões interestaduais), o Remo possui uma série C.

Os maiores campeões regionais: ABC/ RN (54), Paysandu/PA (47), Bahia/BA (46), Internacional/RS (45) e Nacional/AM (43).

LEIA MAIS:
CBF APROVA NOVO ESTATUTO COM MAIS PODER PARA FEDERAÇÕES