Futebol

Sul-Americana: para espantar o desânimo e salvar o ano, Flamengo tenta tirar o Flu do páreo

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Diego, do Flamengo, em ação contra o São Paulo, pelo Brasileirão

Foto: Diego, do Flamengo, em ação contra o São Paulo, pelo Brasileirão

Crédito: Foto: Flamengo/Facebook oficial

O investimento foi alto, as contratações foram ambiciosas e as expectativas eram enormes. O Flamengo de 2017, porém, ainda não emplacou. Apesar da conquista do título estadual, a maior torcida do Brasil sonhava com voos mais altos nesta temporada. Na Libertadores, o sonho do bi acabou logo na fase de grupos. Na Copa do Brasil, a taça escapou na final, na cobrança de pênalti desperdiçada por Diego. Com o título do Brasileirão fora de alcance, restou a Copa Sul-Americana – e o passo decisivo para embalar rumo ao título é eliminar o Fluminense nas quartas-de-final. O jogo de ida acontece nesta quarta-feira (25), às 21:45 (horário de Brasília), no Maracanã.

Derrotado pelo São Paulo em seu último compromisso pelo Brasileirão (2×0, no Pacaembu), o Flamengo deixou seu torcedor preocupado: a equipe foi apática e sem inspiração no fim de semana. Para piorar, perdeu o colombiano Berrío, que seria uma arma importantíssima para este mata-mata de Sul-Americana (o ponta sofreu uma gravíssima lesão e só volta em 2018). Com Guerrero ainda sem condições ideais de jogo, Paquetá deverá ser aproveitado no comando de ataque, com Éverton Ribeiro ocupando o lado direito e Diego, grande esperança do time, centralizado na armação. A esperança é que o matador peruano esteja pronto para o duelo de volta.

Chance de dar o troco
Depois de passar boa parte do Brasileirão entre os candidatos mais fortes a uma vaga na fase de grupos da Libertadores 2018, o Flamengo caiu de produção e foi superado por concorrentes como Palmeiras e Botafogo. A equipe ainda tem boa chance de assegurar um lugar nas fases preliminares da competição continental, mas o título da Sul-Americana garantiria de vez o lugar do Rubro-Negro na briga pelo bi no ano que vem. Além disso, seria uma conquista inédita – além do primeiro título internacional do Fla desde a conquista da Copa Mercosul de 1999.

O duelo com o rival tricolor é também uma ótima oportunidade para o Flamengo vingar sua eliminação na única ocasião em que um Fla-Flu foi disputado por uma competição continental. Em 2009, também pela Sul-Americana, o clássico do Rio aconteceu logo na primeira fase, com o clube das Laranjeiras levando a melhor no critério do gol marcado fora de casa. Devolver essa eliminação e garantir um lugar nas semis daria um novo ânimo ao clube neste fim de ano. Além disso, vale lembrar que o Flamengo pode lucrar alto em caso de título, tanto em premiações como em bônus de patrocinadores – o que seria importante para garantir novos reforços para 2018.

Favorito é rubro-negro
O elenco mais forte e variado e a melhor situação no Brasileirão entregam ao Flamengo o favoritismo nas projeções das casas de apostas esportivas, mesmo com o Fluminense como mandante do jogo desta quarta. De acordo com o site Oddsshark.com, uma vitória rubro-negra na ida vai dobrar o investimento de quem colocar suas fichas no time de Reinaldo Rueda: retorno de R$ 2,01 a cada R$ 1,00 aplicado. Um possível triunfo dos comandados de Abel Braga, por outro lado, devolve um valor bem superior: R$ 3,73/R$ 1,00.

Por fim, ainda segundo o Oddsshark.com, o empate paga R$ 3,13 – e essa acaba sendo uma ótima escolha, já que é bem possível que as equipes não arrisquem tudo nesta quarta e deixem a decisão para a volta. Vale lembrar também que os dois times estão com a confiança em baixa, outro fator que pode contribuir para um jogo de ida mais morno, mais estudado, sem grandes arroubos ofensivos.

A segunda partida das quartas está marcada já para a semana que vem, no dia 1o de novembro, também no Maracanã, novamente às 21:45, só que com mando dos flamenguistas. Vale lembrar que a regra do gol marcado fora de casa como critério de desempate está valendo, mesmo com os dois jogos sendo disputados no mesmo estádio.

Caminho até o título

Quem passar pelo rival no clássico carioca vai enfrentar outro brasileiro ou um colombiano nas semifinais. O cruzamento das chaves prevê que o vencedor do Fla-Flu decida um lugar na decisão com o ganhador do duelo entre Sport e Junior Barranquilla, que fazem o jogo de ida na quinta-feira à noite, no Recife.

Do outro lado da chave, dois argentinos e dois paraguaios. O Libertad saiu na frente do Racing no jogo que abriu as quartas, na noite de terça, em Assunção (1×0). E pouco antes da partida do Maracanã, o Nacional recebe o Independiente no Defensores del Chaco. As semis poderão ter dois duelos entre times do mesmo país (Brasil e Argentina ou Paraguai).

Confira os outros jogos das quartas-de-final da Copa Sul-Americana:

25/10 – 20:15 – Nacional (R$ 3,49) x Independiente (R$ 2,12); empate (R$ 3,05) – Palpite: Empate
26/10 – 22:45 – Sport (R$ 1,92) x Junior Barranquilla (R$ 4,06); empate (R$ 3,16) – Palpite: Sport

Aproveite e confira outros odds no Torcedores.