Extra-campo

Cristiano Ronaldo: da infância pobre a cinco vezes melhor do mundo

Publicado às

Estudante de Engenharia Civil pela Faculdade de Engenharia de Minas Gerais. Sou apaixonado por futebol e amante do bom Jornalismo.

Crédito: Reprodução: Facebook oficial Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo dos Santos Aveiro, nasceu no dia 5 de Fevereiro de 1985 no Hospital da Cruz de Carvalho em Funchal. ‘Quarto’ filho de uma cozinheira e de um jardineiro, teve uma infância difícil em um dos bairros mais pobres da Ilha da Madeira.

Seu nome “Ronaldo” é inspirado no presidente americano Ronald Reagan, já o primeiro nome “Cristiano” foi dado por uma tia que trabalhava em um orfanato; segundo informações do portal “Sábado”.

Quando criança, morava no bairro Santo Antônio, um dos mais pobres da ilha, em uma casa de blocos de madeira sem pintura que pingava água em dias de chuva. Com poucos brinquedos para sua distração, tinha em sua bola de futebol a melhor companhia, onde passava as tarde na rua treinando, muitas vezes voltava para casa já de madrugada. Com baixos resultados na escola, sempre faltava às aulas e mentia para os país sobre as notas negativas. Dolores Aveiro conta em uma das bibliografias de Ronaldo que não se importava muito com seu comportamento, “os professores diziam que tinha que impor ordem a ele, mas eu não o castigava. Ele tinha que treinar muito para se tornar um grande jogador”.

Cristiano Ronaldo começou sua carreira muito cedo, aos 7 anos estreou no time de juniores do Futebol Clube Andorinha em 1992, sempre com boas atuações pela equipe do bairro se transferiu para o Nacional em 1995, onde muitas vezes ficou fora de teste para grandes equipes por ser muito magro, os técnicos ao final dos treinos o alimentavam com sanduíches ou sopas antes de enviá-lo para casa.

Em 1997 recebeu a oportunidade de jogar em um grande clube, convenceu sua mãe da mudança para Lisboa quando lhe disse que queria “tentar o sonho” de ser o melhor jogador do mundo, jogar pelo Sporting Clube de Portugal era a concretização de um trabalho árduo.

No dia 13 de julho de 2002 (aos 17 anos), Ronaldo estreou como titular pela equipe principal do Sporting, deste dia em diante disputou mais 30 partidas com a equipe, marcando 5 gols. Em 2003 foi contratado pelo Manchester United, por 15 milhões de euros. No Red Devils ganhou vários títulos, como a Taça da Inglaterra 2003/2004, a Taça da Liga 2005/2006, a Premier League 2006/2007, a Supertaça da Inglaterra 2007, a Premier League 2007/2008, a Liga dos Campeões 2007/2008, o Campeonato Mundial de Clubes da FIFA 2008, a Premier League 2008/2009 e a Taça da Liga 2008/2009. Em 2008 conquistou pela primeira vez o prêmio de melhor jogador do mundo da FIFA, superando naquele ano Lionel Messi.

Após muitas especulações, o Real Madrid anunciou a contratação do então melhor jogador do mundo junto ao Manchester em 2009, pela quantia de 94 milhões de euros, até aquele momento a maior transferência do futebol mundial. Cristiano não seria a única estrela do elenco, que contava também com os recém contratados Kaká (eleito melhor do mundo em 2007), Karim Benzema e Xabi Alonso. A equipe madridista desde então conquistou todos os títulos possíveis: Mundial de Clubes da FIFA 2014 e 2016; Liga dos Campeões da UEFA 2013/14, 2015/16, 2016/17; Supercopa da UEFA 2014 e 2017; Campeonato Espanhol 2011/12, 2016/17; Copa do Rei 2010/11 e 2013/14.

Cristiano Ronaldo se tornou o maior artilheiro da história do clube de Madrid, somando 413 gols, superando Raul Gonzalez que tem 323 tentos. Com todas estas conquistas, foi eleito o melhor jogador do mundo por mais quatro vezes (além de 2008) 2013, 2014, 2016 e 2017, está última após ser o primeiro a superar a marca de 100 gols pela Liga dos Campeões da UEFA.

LEIA MAIS:
CRISTIANO RONALDO É O MELHOR JOGADOR DO MUNDO E IGUALA CONQUISTAS DE MESSI
RANKING DOS MAIORES VENCEDORES DA PREMIAÇÃO DE MELHOR JOGADOR DO MUNDO
OPINIÃO: VEJA OS 10 GOLS MAIS BONITOS DE CRISTIANO RONALDO