Futebol

Dorival fica satisfeito com futebol do SP contra o Fla: “Quero que se aproxime desse tipo de jogo”

Publicado às

Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.

Crédito: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Dorival Júnior deixou o gramado do estádio do Pacaembu com a sensação de dever cumprido ao ver o São Paulo bater o Flamengo por 2 a 0, em jogo válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em entrevista coletiva, o treinador enalteceu o atuação da equipe no confronto contra um time da parte de cima da tabela.

Quero uma equipe que se aproxime desse tipo de jogo. Se hoje acontecesse um empate, você sai preenchido porque tua equipe lutou, trabalhou, buscou e marcou um grande time. Isso é qualidade de treinamento. Alguns jogos servem como modelo, como contra Corinthians, Atlético-PR, Vitória e agora o Flamengo. Tenho uma equipe oscilante, nunca sabemos o que pode acontecer e por isso é natural trabalhar preocupados e atentos a todos os detalhes possíveis”, avaliou o comandante, que acrescentou.

O comandante são-paulino vê não só o Tricolor, mas os rivais das duas pontas da tabela do Brasileirão oscilando na reta final e enfatizou que o time que perdeu por 3 a 1 para o Fluminense, na última rodada, está determinado a vencer.

A maioria das equipes está oscilando. Temos que continuar trabalhando e insistir. O jogo foi bom, mas nunca sabemos o que nos espera no seguinte. Ficamos decepcionados com a nossa partida contra o Fluminense, na última rodada. Às vezes não tem como explicar futebol. Às vezes ficamos sem palavras, surpreso com determinados momentos porque ganhar ou perder do Fluminense é natural, agora não da maneira como aconteceu”, disse o treinador, que acrescentou.

E isso acaba desestruturando todo um trabalho desenvolvido. Sei que não temos grande aproveitamento fora de casa, mas nunca deixamos de jogar, ser incisivos e marcar forte. Isso não aconteceu na última partida. É natural que gere incertezas. Vamos morrer sem explicação para uma oscilação tão grande. O futebol é intrigante, e mesmo há anos e anos sabemos que fatos novos vão acontecer”, ressaltou.

Com o triunfo, a equipe são-paulina fica estacionada na 14ª colocação, agora com 37 pontos em 30 jogos. Na próxima rodada, novamente diante de seu torcedor, o Tricolor tentará manter a boa fase no Estádio Paulo Machado de Carvalho diante do Santos: o clássico será disputado no sábado (28), às 17h.

Não vou nem abordar a obrigação de manter a postura e tentar duas vitórias seguidas, os jogadores colocaram isso, é importante. Se não falaram sobre a vitória é importante, isso faz parte de uma preparação diferente das rodadas anteriores. Computo como um resultado positivo, tentando fazer nosso melhor e buscando deslanchar no campeonato. Não vem sendo fácil. Temos que querer defender um resultado contra uma equipe que sabe jogar com troca de passes e infiltrações dentro da sua área”, finalizou.

LEIA MAIS
JUCILEI É DESTAQUE NA VITÓRIA DO SÃO PAULO: “ESTAVA ESPERANDO A OPORTUNIDADE”
DORIVAL ELOGIA ATUAÇÃO DE JUCILEI, NEGA DESENTENDIMENTO E DIZ NÃO SER LOUCO DE TIRÁ-LO DO TIME
SÃO PAULO VENCE, RESPIRA NO BRASILEIRÃO E FAZ DO FLAMENGO PIADA NAS REDES SOCIAIS