Em vitória do City por 3 a 0, Agüero se torna o maior artilheiro da história do City com 177 gols

Na Premier League, Agüero iguala recorde pelo Manchester City, que segue líder

Luiz Fiaes
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução: Site | Bola na Rede

Com 177 gols pelo clube, argentino se iguala a Erick Brook como maior goleador da história dos Citizens

O argentino Agüero entrou para a história do Manchester City, da Inglaterra, na manhã deste sábado. Nos 3 a 0 sobre o Burnley, pela nona rodada da Premier League, o atacante fez um gol de pênalti e chegou aos 177 pelo clube, igualando a marca de Erick Brook (1927-1940) como maior artilheiro da história dos Citizens. O feito foi comemorado pelos torcedores e pelo City nas redes sociais.

O jogo

Não foi um bom dia do City coletivamente e individualmente. Principalmente no primeiro tempo. Com o Burnley pressionando a saída de bola, o time de Guardiola mostrou muita dificuldade para sair jogando,

com muitos erros de passe, e com De Bruyne irreconhecível.

Ainda assim, a diferença técnica entre os times ficou evidente. Aos 27 minutos, no abafa, Bernardo Silva tentou passar por Pope e foi derrubado pelo goleiro. Agüero bateu e fez seu gol de número 177 pelo City,

tornando-se o maior artilheiro da equipe ao lado de Eric Brook.

Pope ainda impediu dois gols de Agüero antes do intervalo, mas o Burnley também teve chance clara, graças a erro na saída de bola de De Bruyne. A finalização de Arfield desviou na defesa e passou muito perto do gol.

O segundo tempo foi bem diferente. Além de se reorganizar em campo, o City deixou de cometer erros bobos. Ainda assim, o segundo gol, aos 29 minutos, foi novamente na bola parada, em cabeçada de Otamendi após cobrança de escanteio de Sané.

O terceiro gol veio logo depois e foi o mais bonito. De Bruyne acertou passe milimétrico para Sané, que ficou livre na área para fechar mais uma vitória por boa margem do City no Inglês.

O City chegou aos 25 pontos em 27 possíveis (92,6% de aproveitamento) e ampliou a sua vantagem graças à derrota do arquirrival Manchester United para o Huddersfield Town. Agora são cinco pontos de folga (e uma diferença de saldo já considerável). A equipe do técnico Pep Guardiola chegou à 11ª vitória consecutiva.